Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Vereador: saiba como as 17 vagas da Câmara serão distribuídas em outubro

Última atualização em 4 de abril de 2024

Fachada lateral do “Prédio Ulisses Guimarães”, sede do Poder Legislativo de PaulíniaCrédito: CMP

No final de fevereiro deste ano, o Plenário do  Supremo Tribunal Federal (STF) revogou, por maioria dos votos, restrição de acesso de partidos e candidatos à segunda etapa de distribuição das sobras eleitorais, vagas não preenchidas nas eleições para os cargos de vereador e deputado.  Com a decisão, todos os partidos poderão participar da última fase de distribuição dessas vagas. Antes, as sobras eram distribuídas apenas entre legendas que atingissem 80% do quociente eleitoral  e preenchidas por candidatos com votação nominal igual ou superior a 20% desse quociente.

No entendimento dos ministros, a cláusula introduzida no Código Eleitoral Brasileiro pela Lei 14.211/2021 impedia partidos pequenos e até mesmo candidatos bem votados de ocuparem lugares no Poder Legislativo. Assim, veja como será a distribuição de vagas, a partir das eleições deste ano.

Primeira fase:
Garantem as primeiras cadeiras os partidos que  atingirem 100% do quociente eleitoral, resultado da divisão dos votos válidos pela quantidade de vagas a serem preenchidas. Essas cadeiras serão ocupadas por candidatos que tenham alcançado votação nominal igual ou superior a 10% do quociente.

Segunda fase:
Nessa etapa, em que as sobras começam a ser distribuídas,  só podem participar partidos que fizeram pelo menos 80% do quociente eleitoral, e candidatos que tenham tido votos em número igual ou superior a 20% do quociente.

Terceira e última fase
Ainda havendo cadeiras sobrando, todos os partidos, independentemente de terem alcançado ou não as cláusulas de desempenho, participam dessa distribuição. 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima