Correio Paulinense

Paulínia, 30 de maio de 2024
Usuário desmente administração Moura Junior (PMDB) sobre a Saúde, que está em frangalhos e bem longe do “1º Mundo”

Última atualização em 5 de outubro de 2013

[imagem] Um dia após o vereador Tiguila Paes (PRTB) apresentar o Requerimento 245/2013 solicitando informações ao prefeito Edson Moura Junior (PMDB) sobre providências para zerar a fila de espera por exames de baixa complexidade na rede municipal Saúde, o assunto veio à tona no noticiário regional. Quarta-feira (02), o portal de notícias G1 e as duas edições do Jornal da EPTV (Afiliada da Rede Globo) destacaram o caos na saúde pública municipal. 

As reportagens mostraram os aparelhos de tomografia e ressonância magnética quebrados. O atual secretário de Saúde Renato Cardoso culpou a administração de José Pavan Junior (PSB) pelos problemas na Saúde, mas moradores de Paulínia que aguardavam atendimento no Hospital Municipal e foram ouvidos pela EPTV discordaram. “Isso não vem do anterior. Já vem de longo prazo, de anos já. Só fala, fala, diz que vai fazer isso, aquilo e agente sempre vai ficando para trás”, declarou ele. “É um verdadeiro descaso. Todo lugar que a gente chega não tem médico”, asseverou a mulher. 
Para o vereador Tiguila Paes (PRTB) não existe autoridade maior para falar sobre o caos na saúde do que os próprios usuários da rede, que sofrem diariamente com o descaso do poder público. “É oportunismo querer culpar única e exclusivamente a administração passada pela realidade atual da nossa Saúde, pois a população sabe que isso não é verdade. A questão é que prometeram fazer milagres, quando sequer conseguiram consertar o único tomógrafo à disposição da população”, comentou o vereador. 
Sobre a declaração do secretário Renato que a administração está reavaliando cada um dos mais de 100 contratos da Saúde, Tiguila Paes (PRTB) acredita que uma coisa não pode parar a outra. “Enquanto isso continuará faltando remédios, médicos e materiais básicos para atender a população?”, questionou o vereador. “E as milhares de pessoas que aguardam na fila da ressonância continuarão do mesmo jeito?”, complementou.

Tomógrafo continua quebrado 

Uma das promessas feitas à equipe da EPTV/Globo pelo secretário Renato Cardoso foi que o tomógrafo do Hospital Municipal de Paulínia estaria consertado em três dias. Hoje, o Correio Paulinense Online apurou junto a uma fonte no HMP que o aparelho continua lá, do mesmo jeito, e sem previsão para voltar a funcionar. Tentamos contato com o secretário, mas não conseguimos. 
Fotos: Cláudia Arantes/CP Imagem (vereador Tiguila) e Criação/CP Imagem (entrevistado da EPTV).

<imagem1>e51c25e1011a1fc46cfdf693c711078c.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima