Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
SER comemora acesso durante café da manhã, segunda (14), ocasião em que os profissionais da pasta homenagearam o saudoso professor Ricardo Alves

Última atualização em 18 de julho de 2014

[imagem] Por Lucas Rodrigues 
Priorizar a participação de atletas da cidade na Segunda Divisão da 58ª Edição dos Jogos Regionais do Estado de São Paulo, em Itatiba, garantiu Paulínia no pelotão de elite da competição, em 2015. Com boa campanha, os paulinenses terminaram na segunda colocação, com 183 pontos, 7 a menos que a campeã Araras, e ainda garantiram vaga nos Jogos Abertos do Interior, no mês de novembro, em Bauru. A terceira colocação ficou com Itapira, que somou 133 pontos. 
Geralmente o vice-campeonato de qualquer competição não é tão comemorado, mas o conquistado por Paulínia no último Regionais teve sabor de título, afinal, os atletas da cidade voltaram para casa com incríveis 73 medalhas, sendo 40 Ouros, 23 Pratas e 10 Bronzes, contra as 51 (7 Ouros, 25 Pratas e 19 Bronzes) conquistadas por Araras, que ficou com o caneco por ter somado mais na classificação geral.  
Os Jogos Regionais aconteceram de 2 a 12 deste mês e os resultados dourados de Paulínia vieram através do Futebol Masculino, Ginástica Artística Masculina, Bocha, Handebol Feminino, Tênis de Mesa e Campo Feminino e Xadrez Feminino. 
Para o  secretário de Esportes, Marcos Bortoloti a conquista do acesso foi uma verdadeira superação. “A Secretaria de Esportes e Recreação (SER) está totalmente satisfeita com o resultado alcançado em Itatiba. No primeiro momento, queríamos fazer um bom papel e, caso conseguíssemos nos superar, tentar a volta para a Primeira Divisão. Tivemos força para superar todos os obstáculos, conseguimos o acesso e por muito pouco não conquistamos o título de campeã. Perdemos por apenas sete pontos para Araras, mas mostramos nossa força conquistando um total de 73 medalhas contra 51 de Araras”, disse ele ao site da Prefeitura de Paulínia. 
A competição faz parte do calendário esportivo da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo e é realizada em conjunto com as 14 Diretorias Regionais de Esporte e Lazer e Municípios.  
Café comemorativo
Segunda-feira (14), a SER promoveu um café da manhã para comemorar o desempenho de Paulínia nos Regionais deste ano e, claro, o acesso para a elite da competição. O encontro aconteceu na sede da pasta e contou com a participação dos profissionais do esporte municipal, além de representantes de outras Secretarias que trabalham em parceria com a SER.
Na ocasião, Marcos Bortoloti elogiou o empenho dos profissionais e falou que a partir de agora a meta será incentivar e motivar ainda mais a participação dos jovens para que o esporte de Paulínia continue sempre forte. “Nós entendemos a posição de muitos atletas que não se entusiasmaram em representarem a cidade, entretanto,  convoco todos os professores à voltar a procurá-los e convencê-los mudarem de ideia. Precisamos mostrar que vestir a camisa da cidade é algo sério e que fica marcado eternamente na vida de todos”. 
Para Ângelo Diniz, conhecido como Chinês e professor da SER há mais de 20 anos, o resultado positivo foi obtido graças ao empenho e profissionalismo de todos.  “Todo mundo fez exatamente o que foi proposto em nossas reuniões. Ninguém tentou resolver aquilo que não era de sua competência. O chefe da delegação fez o seu papel, como também os demais fizeram. É dessa maneira que o trabalho flui naturalmente. Estamos todos de parabéns”. 
O ícone do handebol de Paulínia, professor Milton Dias Fonseca Júnior elogiou o comportamento dos atletas e profissionais da SER, mas ressaltou que o trabalho para melhorar o nível das equipes tem que começar o mais rápido possível. “Iremos encarar a Primeira Divisão e precisamos estimular a participação de atletas que não foram à Itatiba”. 
“O legado deixado pelos Jogos Regionais é um grande estimulo”, disse o diretor de Recreação, Edvar Magela Pinto, resumindo a participação de Paulínia em Itatiba. “Muita gente desconfiava de nossa capacidade e isso, agora, é coisa do passado”, complementou. 
O lendário professor Osvaldo Luiz Spaletta, o Koka, também há mais de 20 anos na SER, engrandeceu o trabalho em grupo e a união que, segundo ele, transformou o convívio de todos numa verdadeira família. 
O café terminou com uma grande homenagem ao eterno professor Ricardo Alves, falecido no dia 10 de maio deste ano, vítima de acidente de moto. O professor, que sempre contribuiu e lutou muito pelo sucesso do esporte da cidade, foi lembrado com muito carinho e emoção pelos colegas de trabalho.  
Confira a classificação por modalidades:
Atletismo Feminino 4º lugar
Atletismo Masculino 5º lugar
Biribol 7º lugar
Bocha 1º lugar
Capoeira Feminino 5º lugar
Ciclismo Feminino 3º lugar
Ciclismo Masculino 4º lugar
Damas 4º lugar
Futebol Feminino 5º lugar
Futsal Feminino                6º lugar
Futebol Masculino 1º lugar
Ginástica Artística Feminino 1º lugar
Handebol Feminino 1º lugar
Natação Feminino 5º lugar
Natação Masculino 3º lugar
Taekwondo Feminino         4º lugar
Taekwondo Masculino 2º lugar
Tênis Feminino                1º lugar
Tênis de Mesa Feminino 1º lugar
Tênis de Mesa Masculino 3º lugar
Xadrez Feminino 1º lugar
Xadrez Masculino 2º lugar
Fotos: C.Silva

<imagem1>a8600beadd1d2d140d54f1464d93deea.JPG</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima