Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
Presidente do Tribunal de Justiça de SP foi recebido pelos Moura, na noite em que eles “promoveram” a “Paulínia Fictícia” e esconderam a "Real", que bancou a ostentação do Festival

Última atualização em 29 de julho de 2014

[imagem] Boaaaaaaaaaaaa taaaaaaaaaaaaarde meus amores! Foram-se os artistas, ficaram os problemas e as contas. O VI Paulínia Festival de Cinema, versão internacional, terminou sem balada regada à scotch do bom e top DJ no comando da pista, mas com festa apenas para a “diretoria” no IFF Bar de Campinas, que realizou a farra, juntamente com a Faro Eventos, para 850 convidados na noite da abertura. De que adiantou? Houve gastança do mesmo jeito e não duvidem que também custou muito caro.

Pressionada pela opinião pública, a organização do festival abriu as portas do último dia para todo mundo, mas não fez questão nenhuma de divulgar amplamente. Segundo uma fonte, Moura Junior (PMDB) tentou interferir na organização do encerramento, mas a Feeling Eventos, que ganha uma fortuna pública para fazer o serviço não permitiu e o prefeito teve que engolir, caladinho.

Os números do primeiro festival (o de 2013 não conta, pois não teve mostra competitiva e foi feito nas coxas, apenas para “arrecadar fundos”) da gestão dos “dois prefeitos” já começaram arrepiar. Segundo a organização, 24 mil pessoas passaram pelo Theatro “Paulo Gracindo”, de terça (22) à domingo (27), ou seja, 4 mil por dia. Imaginem, meus amores, quando começarem a publicar os gastos no Semanário Oficial do Município? Quanto gastaram de passagens aéreas (nacionais e internacionais), hospedagens, alimentação, cachês, traslados, site, jantares, pessoal de apoio nos hotéis (Vitória e The Royal), gráfica, mídia e por aí vai? Prepara!
“Diferente das críticas dos opositores, que não conhecem o projeto, o Magia do Cinema não é para promover ninguém, mas sim para promover a cidade e o nosso povo”, disse Moura Junior (PMDB), no desastroso e inesquecível dueto com o pai, no palco da abertura.  Definitivamente, o prefeito da city não tem a mente no lugar. Promover que povo? O povo que ele e seu pai estão massacrando, desde julho do ano passado? Promover que cidade? A que eles inventaram para os convidados, com Saúde, Educação e Segurança de primeiro mundo, ou a que está com todos os serviços essenciais à mingua? Ahhhhhhhhhhhhhhhh, pela mãe do guaaaaaaaaaaaarda! O Magia do Cinema é o único e mais descarado projeto de marketing pessoal executado com dinheiro público, neste país.
Além disso, a edição deste ano serviu para os Moura ostentarem TAMBÉM intimidade e prestígio com o Poder Judiciário do Estado. Pai e filho agradeceram a presença, na plateia da abertura, do desembargador José Renato Nalini, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, onde tramitam vários processos contra eles. “Obrigado, doutor Nalini, pela retribuição”, disse Moura pai. O desembargador deve ter voltado para a Capital certo de que Paulínia é mesmo a maravilha que pai e filho contaram à ele e aos demais convidados. Realmente, Paulínia foi privilegiada com a presença do Presidente do TJ-SP, pois geralmente os magistrados são discretos e avessos aos holofotes, ainda mais os que comandam as altas Cortes. Será que ele gostou desta exposição toda?
Solteiro, o prefeito Moura Junior (PMDB) contou com a companhia constante da prima e assessora especial Simone Moura. Para onde ele ia lá estava ela, dando apoio. Namorando, Moura pai desfilou e posou para os fotógrafos feliz da vida, de mãos dadas com Nani Camargo, que está se sentindo “A” primeira-dama.  Sabe de nada, inocente. Bem, os Moura ganharam as manchetes nacionais da imprensa especializada em cinema e a população as contas da farra, que durou seis dias – pelo curador do festival, Rubens Ewald Filho, deveria ter durado no mínimo dez. Terminado tudo isso é preciso retomar a agenda normal de pautas, pois a vida na Paulínia Real, continua.
Circula pelos corredores da Câmara que o PL da Doação do 3º Módulo do Pazetti será derrubado, quando entrar em pauta. O bloco de vereadores que prometeu não aprovar nada que prejudicasse os compradores dos Módulos I e II do Residencial parece que vai manter a palavra e enfrentar a fúria dos Moura (pai e filho). Dizem que o pai já está virado na besta fubana com isso e quer conversar sério com a base aliada.

Na outra ponta, o líder de governo Sandro Caprino (PRB) está fazendo de tudo para não perder os ganhos políticos que terá no Acampamento Menezes, com a aprovação do projeto. Entretanto, tudo indica que os vereadores não estão dispostos a se sacrificarem, para encher somente as bolas de Caprino e dos “dois prefeitos” e saírem desmoralizados com 600 famílias do Pazetti. Vamos aguardar, pois a Câmara está em recesso e só volta na próxima terça-feira, dia 5.

Ainda estamos no meio do ano, mas a próxima Presidência da Câmara já está nas rodas. Uma fonte do primeiro escalão municipal me disse que os Moura (pai e filho) apoiam a permanência de Fiorella (PP) no cargo. Caso isso se confirme, será a terceira presidência do “peixe”. E onde fica Caprino (PRB), nesta história, hein? Até sei o que vai acontecer com ele, no final de tudo, mas prefiro deixar para o momento certo. Enquanto isso, o “peixe” vai comandando as obras na Câmara Municipal. O asfalto do estacionamento está sendo trocado por um verdadeiro tapete e a reforma dos gabinetes dos vereadores, que custará quase R$ 2,2 milhões aos cofres públicos, está à todo vapor. 
Segundo Maria Aparecida Marciano, mãe de Dênis, alguém da prefeitura avisou que o fornecimento da dieta enteral será normalizado esta semana. Moura Junior (PMDB) já teria assinado o cheque da compra emergencial. Será? Vamos aguardar.
Sugeri que durante o festival deste ano o Café e Bomboniere do Theatro “Paulo Gracindo” fosse explorado por uma das entidades vítimas da ruindade do governo Moura Junior (PMDB) e acabou dando certo. A Casa do Menor foi a escolhida e o pouco que faturou certamente ajudará nas despesas das crianças. Bom seria que tivesse faturado R$ 300 mil, como faturou o Melhor Filme “História da Eternidade”, mas qualquer coisa para as instituições massacradas pelos Moura já ajuda.
Bem meus amores, por hoje é só. Uma semana abençoadíssima para todos nós, sobretudo, SOB A PROTEÇÃO DO DIVINO PAI CELESTIAL. Aqueles abraços e beijos. Au revoir!

Foto: Reprodução/Internet

<imagem1>d72f5dc2b6f86b41d312fdfa07bd2e21.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima