Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
Pedido de documentos dos contemplados do “Vida Nova” é mais uma embromação de Moura Junior (PMDB), pressionado hoje à tarde pelos compradores do Residencial Pazetti, que querem suas casas rapidamente!

Última atualização em 21 de janeiro de 2014

[imagem] Boaaaa nooooooite meus amores! “O chamamento serve para acelerar a entrega das residências”, disse o secretário de Habitação, Danilo Garcia, sobre a convocação dos futuros moradores do Residencial Vida Nova, uma conquista do ex-prefeito José Pavan Junior (PSB), em parceria com o programa Minha Casa, Minha Vida II, do Governo Federal. Agilizar a entrega? Já se passaram mais de seis meses da posse e somente agora Moura Junior (PMDB) resolveu “adiantar” o lado das 593 famílias, que esperam ansiosamente por suas casas? Ah dá licença! Esse “prefeito” precisa se convencer que o povo não é trouxa. 
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, o não comparecimento dos futuros moradores do Vida Nova, de amanhã (22) à 31 deste mês, munidos de RG, CPF e comprovantes de estado civil e renda, pode atrasar a entrega das casas. A pergunta que não quer calar: por que os contemplados precisam apresentar uma documentação que já foi apresentada, analisada e devidamente aprovada pela Prefeitura e Caixa Econômica Federal?  Por que? Outro detalhe: na matéria da assessoria de imprensa não consta uma data definida para a entrega das casas. Então, como a administração pode querer responsabilizar os futuros moradores pelo atraso de uma coisa que ainda nem foi marcada? Ah, me poupe!
IMPORTANTE: a Prefeitura tem o cadastro completo (nome, telefone, endereço, e-mail, nome do cachorro, do periquito e do papagaio…gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas) das 593 famílias do “Vida Nova”. A pergunta é: A SECRETARIA DE HABITAÇÃO CONVOCOU TODAS AS FAMÍLIAS POR CARTA TAMBÉM ou deixou isso por conta apenas do Jornal Tribuna e do “Movimento” da “Lola Bevenutti”? (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas) Pelo amor de Deus não façam isso, pois a maioria não lê nem uma coisa e muito menos a outra. Uma convocação deste porte merece ser amplamente divulgada.
Agora vou rasgar o que acho desta convocação. Não passa de mais uma embromação deste governo DESTRUIDOR DE ENTIDADES SOCIAIS. Repito: DESTRUIDOR DE ENTIDADES SOCIAIS. Se hoje Moura Junior (PMDB) finge querer agilizar a entrega do “Vida Nova”, em um passado bem recente o seu secretário Jurídico e advogado particular Arthur Augusto Campos Freire entrou com uma ação na justiça contra a licitação para as obras de infraestrutura do residencial. Na ação, Freire alegou ilegalidade no processo – logo ele, falando de ilegalidade! Ah, me poupe. A ação prejudicou o andamento da obra e por consequência atrasou ainda mais tudo.
Aí, pouco tempo depois de assumir a Prefeitura, Moura Junior (PMDB) disse que todos os contratos do “Vida Nova” seriam revistos, pois a sua equipe (leia-se o “competente” secretário Arthurzinho Freire) suspeitava de vícios e irregularidades na documentação dos contemplados. O próprio Arthurzinho afirmou isso em reunião com os vereadores e compradores de outro residencial, o Pazetti. Balela. Pura balela. 
Da montagem das urnas ao sorteio das casas do “Vida Nova”, tudo foi acompanhado por Vereadores (inclusive “mouristas”), Ministério Público da Cidade, representantes da Caixa Econômica Federal, Auditado por uma empresa independente e mais: pelas famílias que concorreram às casas. Mas como os “dois prefeitos” e o “exímio” advogado são birrentos por b….., tudo perdeu a “transparência”, do dia pra noite. E as famílias que esperem um “pouco mais” ou no “mouraguês” claro: QUE SE LASQUEM.
Agora eu pergunto: será que já revisaram todos os contratos do “Vida Nova” ou agora que vão começar a mexer “nisso”? Equipe e tempo de sobra para revisar o que não precisa de revisão o Secretário Danilo Garcia teve de sobra. Agora, está pedindo os documentos de todo mundo, documentos estes que eles já têm (ou não têm?) e só Deus sabe quanto tempo mais as famílias terão de esperar. É uma palhaçada viu. Não é à toa que, a cada dia, a população está mais revoltada. E o secretário de Habitação diz que “habitação é prioridade do governo”. Ah tha!
Hoje à tarde, compradores do Residencial Pazetti protestaram em frente ao PALÁCIO 28 DE FEVEREIRO contra a falta de informações por parte do governo Moura Junior (PMDB) sobre a entrega de suas casas. Bruno Pereira e Eliezer Franco, dirigentes da Associação dos Compradores comandaram o manifesto. Os manifestantes queriam falar com o prefeito, mas quem apareceu foi o assessor de imprensa Silvio Mota, acompanhado do “segurança” Amilton Cezar, o Cezinha, que estava com Ray Ban ”mó estiloso”, mas longe de ser um Oakley (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Só por Deus, esta criatura viu!
Momentos após o início da manifestação, o secretário de Habitação Danilo Garcia resolveu receber os compradores do Pazetti. O assessor Silvio Mota tentou impedir a imprensa de acompanhar o encontro, mas pressionado pelos manifestantes acabou liberando a entrada de jornalistas e fotógrafos, inclusive Lucas Rodrigues, do Correio Paulinense Online. Em um dos momentos da reunião, no Salão de Imprensa do PALÁCIO 28 DE FEVEREIRO, Danilo Garcia tentou culpar a administração Pavan Júnior (PMDB) pela demora na entrega do residencial, mas foi repreendido com veemência pelos manifestantes. Tomou que até roncou
Essa mania feia do governo Moura Junior (PMDB) ficar culpando os outros de tudo já está me irritando. Tudo é culpa de fulano, beltrano ou cicrano. Ah dá licença! Eles não são os melhores administradores públicos do mundo? Os “prefeitos” que amam e se preocupam com o povo paulinense, como ninguém? Então que parem de achar que o povo é trouxa e comecem a administrar a city, como prometeram aos 21 mil eleitores que votaram em “um”, elegeram “outro”, e agora estão sendo “vítimas dos dois”. 
180 dias se passaram e cadê a SAÚDE DE PRIMEIRO MUNDO? 180 dias se passaram e cadê a SEGURANÇA PERFEITA? 180 dias se passaram e cadê a EDUCAÇÃO EXEMPLAR? Garganta, só garganta. Que Saúde, Segurança e Educação que nada. Até agora as duas PRIORIDADES MÁXIMAS da atual administração tem sido TORRAR O QUE PUDER DO DINHEIRO DE PAULÍNIA COM CINEMA, ARTISTAS E FESTIVAL (somente no Festival V foram R$ 3,5 milhões, R$ 875 mil por dia, quatro dias) e FECHAR TODAS AS ENTIDADES SOCIAIS DA CITY. O resto é resto. Paulínia está levando a maior rasteira político-eleitoral de sua história. Amanhã vocês conferem como foi o encontro dos compradores do Pazetti com o secretário Danilo Garcia. 
Por hoje é só. Tenham todos uma excelente noite e uma semana abençoadíssima pelo PAI, TODO PODEROSO. Beijossssssss!!! Abraçooooos!!! Au revoir!
Foto: Lucas Rodrigues/CP Imagem

<imagem1>cedc41d16cc9131fd87eeee8d9561ca4.JPG</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima