Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Paulínia adota uso de cloroquina para casos graves de Covid-19

Última atualização em 10 de abril de 2020

Nesta sexta-feira (10), o secretário de Saúde de Paulínia, Fábio Alves, afirmou ao Correio que o município já adotou protocolo médico com uso de cloroquina para tratar casos graves de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. “Conforme preconizado pelo Ministério da Saúde”, explicou ele. Segundo Alves, Paulínia tem o medicamento para oferecer aos seus pacientes.
O secretário disse ainda que, hoje, seis pacientes estão internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal de Paulínia (HMP), sendo quatro deles por Covid-19. Perguntamos também se Paulínia já tem algum caso documentado de cura da doença. “Nenhum registro de curado (até o momento)”, respondeu o secretário. 
De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, até às 18h de ontem (9) a cidade registrou 6 pessoas comprovadamente infectadas pelo novo coronavírus, e outras 83 que fizeram o exame para saber se contraíram ou não o vírus. Paulínia já comprou 20 mil testes rápidos para coronavírus (LEIA), mas como eles ainda não foram entregues, o município ainda depende do Instituto Adolfo Lutz, na Capital, para contabilizar seus pacientes de Covid-19.

Foto: Reprodução/Ilustração 

<imagem1>paulínia_adota_cloroquina.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima