Correio Paulinense

Paulínia, 21 de abril de 2024
Novo delegado titular promete imprimir celeridade nos inquéritos e intensificar o combate ao tráfico de drogas

Última atualização em 9 de janeiro de 2017

Com a aposentadoria do delegado Marco Evangelista, o então delegado-adjunto da Polícia Civil de Paulínia Rodrigo Luis Galazzo assumiu, em outubro passado, a titularidade da DP paulinense. Com aproximadamente 14 anos de polícia, ele iniciou a carreira de delegado em Piracicaba e, depois, atuou em outras importantes cidades do interior do Estado, como Indaiatuba, Itapira, Valinhos e Campinas, onde passou 3 anos na DIG (Delegacia de Investigações Gerais), uma das mais importantes da RMC. 
No curriculum policial de Galazzo consta, também, mais 3 anos no DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) de São Paulo –  um dos mais importantes da Polícia Civil Estadual. Galazzo se define como um “delegado operacional, de rua”. “Sempre fui. Gosto de participar pessoalmente das operações, enfrentar a criminalidade de frente”, afirma. Além disso, o delegado também lecionou Processo Penal na Faculdade Anhanguera e ministrou curso de formação e requalificação para Guardas Municipais do país inteiro, quando atuou em Indaiatuba. 
Atualmente, Galazzo comanda sozinho a DP de Paulínia, mas não reclama da intensa rotina de trabalho, de domingo a domingo.  “Muito pelo contrário, agradeço a confiança depositada em mim pelo delegado seccional, Doutor José Campos Neto, que logo deve designar um colega para somar conosco”, diz ele, que antes de tornar-se delegado advogou por um ano. 
Segundo o titular, suas prioridades são: celeridade nos inquéritos , intensificação no combate ao tráfico de drogas, e rigor nas apurações de crimes de violência contra a mulher, crimes sexuais, agilizando medidas protetivas às vítimas e a prisão dos agressores. “Sempre há muito o que fazer, pois o crime nunca dá trégua e a ousadia de certos criminosos é cada vez maior. Mas, o meu lema é trabalhar muito próximo do Poder Judiciário, Ministério Público, Gaeco, Guarda Municipal e Polícia Militar. Com as polícias integradas por um único objetivo, o de combater constante e diariamente a criminalidade, a maior beneficiada sempre será a população, que conta com o nosso trabalho para sentir-se segura, podendo exercer o direito de ir e vir com mais tranquilidade”, afirma.
Durante a conversa com o Correio, Galazzo anunciou que o SIG (Setor de Investigações Gerais) da Civil de Paulínia já tem um novo chefe: o policial Donizeth dos Santos, que trabalhou com ele na DIG de Campinas. “Foi um importante ganho para a equipe, pois Donizeth é um policial muito qualificado e que nos ajudará muito nos trabalhos investigativos”, concluiu Galazzo.
Administração
Galazzo afirmou já ter conversado com o novo prefeito de Paulínia Dixon Carvalho (PP) e, também, com o titular da pasta municipal de Segurança Pública, Emerson Baptista de Oliveira. “O contato com a gestão municipal é sempre muito importante e indispensável para o desenvolvimento de um trabalho mais integrado, efetivo, eficaz e positivo na Segurança da cidade”, finaliza.  
Foto: Tulio Silva/Correio Imagem

<imagem1>rodrigoluisgalazzo.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima