Correio Paulinense

Paulínia, 21 de abril de 2024
Nova ponte da Rhodia será entregue em setembro, segundo a prefeitura

Última atualização em 2 de agosto de 2019

Em outubro do ano passado, a demolição da antiga ponte sobre o Rio Anhumas, conhecida como ponte da Rhodia, na divisa de Paulínia com Campinas, durou quinze dias e marcou o início de uma das obras mais esperadas pela população. Licitação e contratação da empresa foram realizadas pelo governo do então prefeito Dixon Carvalho (Progressistas). 
Segundo a prefeitura, a obra estimada em quase R$ 6 milhões será entregue em setembro, ou seja, dois meses após a previsão inicial. O atraso foi motivado, principalmente, pelas duas últimas trocas de prefeito da cidade: Ednilson Cazellato, o Du Cazellato (PSDB) substituiu Dixon Carvalho (Progressistas) em novembro passado, e, depois, foi substituído por Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), em janeiro deste ano. 
As sucessivas alterações no comando do Executivo de Paulínia têm paralisado o andamento de obras, licitações e contratos que deveriam melhorar a qualidade dos serviços essenciais à população. Com eleição suplementar marcada para 1º de setembro, a organização administrativa do município poderá sofrer mais uma interrupção.
“Essa ponte estava há seis anos abandonada. Se o nosso governo não tomasse uma atitude essa ponte não saia”, afirmou Loira (DC), durante mais uma visita à obra, na semana passada. Ainda de acordo com a prefeitura, os transtornos causados pela falta da ponte, principalmente aos trabalhadores de empresas como a Rhodia, estão com os dias contados. 
Foto: Reprodução/Vídeo Institucional da PMP

<imagem1>novapontedarhodia_paulínia.png</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima