Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
Moura Junior (PMDB) xinga Pavan (PSB) de “babaca”, mas vive à sombra do ex-prefeito espirituoso, desde que assumiu a Prefeitura; CP representará contra Assessor de Imprensa no Sindicato dos Jornalistas e no MP

Última atualização em 6 de março de 2014

[imagem] Booooa taaaarde meus amoooooooooores. Terminou o Carnaval, a Vai-Vai não conquistou o título de número “15”, Moura Junior (PMDB) não entregou nem “casinha de boneca” e ainda chamou de BABACAS as pessoas que o recepcionaram “calorosamente” no corte do bolo dos 50 Anos da City (VEJAM VÍDEO E FOTOS). Mas o resumo do feriadão na “Estrela do Carnaval da Saracura” não para por aqui. Na sexta-feira o Sambódromo do Brasil 500 ficou um breu. No sábado, depois de conseguirem o AVCB dos Bombeiros e o Habite-se liberaram a pista do Sambódromo, mas o público quase não compareceu para assistir ao desfile dos blocos.  

Domingo, também foi fraquinho, fraquinho. Segunda, foi o dia melhorzinho, com o desfile de três escolas de samba da city e a participação especial de uma partícula da Vai-Vai. Terça-feira, nem tem o que comentar. Momo devolveu a chave da city e mandou o “blogueiro azeitona” contar de 0,01 até 0,10, para mostrar a “verdade” dos fatos, a mesma que é “filha do tempo” (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Mas vamos deixar o “partner da burra calú” no lugar de sempre (de lado) e tratarmos do que realmente interessa. 
Como disse domingo, em Edição Extra, a atual administração exibiu “recibos autenticados com firmas reconhecidas” da sua INCOMPETÊNCIA em pleno Brasil 500, pra todo mundo ver e fotografar. Pensem se tenho razão ou não. O pedido de autorização para a verba do carnaval chegou à Câmara faltando apenas 17 dias pra começar a Folia. O resultado foi a “beleza e o luxo” do nosso desfile, que inicialmente eram seis escolas (R$ 100 mil pra cada uma) e apenas três apareceram pra “desfilar”. Claro, nem Chico Spinosa, que como disse um dos comentaristas do Globeleza tirou “leite de pedra” para contar a história da “Paulínia Moura”, prepara uma escola em 15 dias. Dá licença!
O AVCB dos Bombeiros e o Habite-se só foram providenciados no sábado de Carnaval, um dia depois da Justiça interditar o Pavilhão de Eventos e as arquibancadas do Sambódromo, por falta de segurança. Em Nota Oficial, dia 1º, a administração Moura Junior (PMDB) informou no site da Prefeitura a conquista dos documentos. Agora eu pergunto: pista em céu aberto precisa de AVCB e de Habite-se? Mas a foliã dizendo à EPTV/Campinas que assistiu ao desfile de 7 de setembro passado nas arquibancadas do Sambódromo foi o “detalhe”. Aliás, foi bofete que deve tá doendo até agora.
Moura Junior (PMDB) tem uma Secretaria inteira (a de Turismo e Eventos) pra cuidar do Carnaval e nada foi feito. Além da titular Beth Britto, Eduardo Ferreira (de Obras), que foi secretário da pasta no governo de Moura Pai esteve o tempo todo dando as cartas na organização da festa e mesmo assim tudo foi o maior fiasco da história. Afundaram a reputação do Carnaval da city, o melhor da RMC até o ano passado. Nem o nome da banda que tocou de sábado a domingo foi divulgado. Desrespeito também com os artistas e músicos. 

Anunciaram trio-elétrico até às 04h00 da “madruga”, de sábado à terça, mas não apareceu nem uma Dodge Ram  tocando “Ex my love” para os foliões “arrocharem”. Uma vergonha, não apenas do ponto de vista festa, mas sobretudo, para uma administração que “SE ACHA” imbatível, incomparável. E é mesmo: imbatível na incompetência e incomparável em fazer “caca” – somente caca. 
De pai, para filho. BABACA: a palavra que virou moda nas gestões do pai está de volta, dessa vez na ponta da língua do filho. Quem pensa diferente deles não passa disso. Porém, Moura Junior (PMDB) estreou o vocabulário grosseiro e desrespeitoso contra munícipes e um ex-prefeito da cidade que ele brinca de governar. Fingindo tranquilidade, mas visivelmente irritado, o “prefeito” não gostou de ser recebido com vaias no corte do bolo e xingou as pessoas e o espirituoso Pavan Junior (PMDB)
Não respeitou o Padre ao seu lado; não respeitou os paulinenses que vaiaram em protesto ao caos que a city se encontra; e finalmente não respeitou um ex-prefeito, que GOVERNOU a city por duas vezes. Chegou cerca de duas horas atrasado no “Agostinho Fávaro” (isso é praxe), falou/xingou dez minutos e pouco tempo depois vazou, sem passar a palavra à ninguém. O vice Bonavita (PTB) ficou com a língua coçando, além de ter sido excluído do primeiro corte do bolo. Só houve o segundo corte do bolo, desta vez com Bonavita e Moura Junior, porque os fotógrafos pediram. Poie é, pois é.
Tão deprimente quanto a falta de educação de Moura Junior foi a cena do vereador Zé Coco (PTB) aplaudindo freneticamente o prefeito xingando as pessoas (observem no vídeo). Misericórdia! Lamentável. Como pode um vereador compactuar com um comportamento reprovável desses, além do mais contra a própria população que eles representam? Um absurdo!
Agora vamos ao ápice desta inesquecível patacoada mourista. Desde que assumiu, em 16 de julho, Moura Junior (PMDB) vive à sombra do ex-prefeito José Pavan Júnior (PMDB). Segundo a escritora Viviane Freitas, “uma pessoa vive à sombra de alguém  quando não tem nada vivo; nada novo; não é um referencial e não alcança bom testemunho dos demais”. Perfeito. É assim que o atual prefeito tem provado ser.

Tudo que ele não fez por falta de vontade política ou incompetência mesmo a culpa é do Pavan (PSB). Tadinho do espirituoso (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Além de chato, este discurso só mostra a fragilidade de Moura Junior (PMDB) para comandar a city e o seu grupo político. Que tal a campanha “BOTA A MÁQUINA PRA MOER MOURA JUNIOR”? Ficar culpando fulano ou beltrano pelo fracasso que está sendo a administração é burrice, NÃO COLA.

Moura Junior (PMDB) tem que tirar Pavan (PSB) da cabeça e entender de uma vez por todas que O PREFEITO DA CITY É ELE. Agora se ele concluir, definitivamente, que não vai dá conta faça como Arthurzinho Freire, peça “pra sair”, oras bolas. Falando no ex-secretário Jurídico ouvi dizer que a saída dele pode ter sido uma manobra processual e que logo reassumirá o cargo. Será? Sinceramente, acho que a rádio peão também pira, de vez em quando. Vamos aguardar.
Enquanto Moura Junior (PMDB) “desgoverna”, parte do grupo dele persegue os adversários políticos e até a imprensa da cidade. Porém, o meu espanto é ainda maior quando quem tenta agredir fisicamente, tomar equipamentos e agride verbalmente jornalistas ou fotógrafos é um jornalista. Pela segunda vez, o jornalista Raoni Zambi, assessor de imprensa de Moura Junior (PMDB), tenta impedir o trabalho do nosso fotógrafo Lucas Rodrigues.

Porém, desta vez ele foi mais antiético, ousado, ao tentar tomar a máquina do fotógrafo e depois xingá-lo de “safado, sem vergonha” (VEJAM O VÍDEO), durante a cobertura do corte do bolo de aniversário, no ginásio do João Aranha. Se Lucas Rodrigues não tivesse acompanhado de um segurança, só Deus o que poderia ter acontecido.

Vejam a que ponto estamos chegando nesta city. Cobrir eventos da administração Moura Junior  (PMDB) só se for escoltado por seguranças, pois o risco de apanhar e ter o equipamento de trabalho danificado ou até mesmo roubado é gigante. Onde já se viu um jornalista atacar colegas de profissão, para ficar “bem na fita” com o “seu prefeito”. Isso não existe.

Desta vez, Raoni passou dos limites e o Correio Paulinense já está representando contra ele no CONSELHO DE ÉTICA do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo e também no Ministério Público (MP) da Cidade, por cerceamento do trabalho da imprensa e danos morais contra o fotógrafo e eu, que também fui xingado (aí como sofroooooooo…gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

Se em quase 21 anos de jornalismo nesta city nunca baixei a cabeça pra nenhum político (repito: NENHUM POLÍTICO) vou baixar para um assessor de imprensa aloprado, que em vez de fazer o seu trabalho fica “grudado no saco” (eca) do “assessorado” e tentando impedir o nosso trabalho? Ah, voooooou!!!

Vou embora, por hoje, mas segunda-feira estarei de volta. Um final de semana abençoado para todos nós e MUITA PROTEÇÃO DIVINA. Beijos, abraços. Au Revoir!
Foto: Lucas Rodrigues/CP Imagem

<imagem1>17c8560f9627e0b1965c360aa734ce9a.JPG</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima