Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Moura Junior (PMDB) nomeia sócia da Vila Lumieri, terceirizada pela caloteira Pró-Shopping para gerir restaurante construído com dinheiro público e que nunca funcionou. Gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa Paulínia!!!

Última atualização em 27 de setembro de 2013

[imagem] Boa taaaaaarde meus amores! Nem a época do queridíssimo Dude Vedovello me rendeu tantos bafos, como a atual está rendendo. Misericórdia! Gente, não é por nada não, mas esta administração Moura Junior é ruim pra cacete.  Eitaaaaa peste!!! Dá licença! A cada dia, a cada edição do Semanário Oficial da City este “menino” apronta uma mais cabeluda do que a outra.  A impressão que tenho é que é “ele e a inexperiência”, a “inexperiência e ele” – A SÓS. Será? Fora isso, a única explicação que vejo para tantas “cacas” seguidas é a prepotência política do pai, que nunca temeu nada e nem ninguém, guiando a caneta em poder do filho. Só pode! Mas antes da pauta principal de hoje, vamos aos babados “coadjuvantes”. 
Não há registros na história da city de uma audiência pública do PPA (Plano Plurianual) como a que aconteceu anteontem (25), na Câmara Municipal. Aliás, aquilo não foi uma audiência, mas sim UMA VERDADEIRA PALHAÇADA. Teve de tudo, menos discussão verdadeira do PPA. Pra começar, o vice-prefeito Bonavita praticamente entrou mudo e saiu calado. Como assim? Bona não tá perdendo uma oportunidade oficial de fazer propaganda política do governo (o prefeito não pôde vir porque está “arrumando a casa”). Inclusive, algumas pessoas presentes acharam o cearense abatido – bem abatido. Tá acontecendo alguma coisa, só pode!
Mas se Bonavita quase não falou, a folclórica Simone Moura falooooou, segundo ela porque não resiste um microfone. “E o Bonavita sabe disso”, disse a ex-vice-prefeita. Entre outras coisas, a morena de sorriso larguíssimo (também, com o salário que ganha!) lembrou que deixou o governo Pavan, porque o  espirituoso não governava com amor. Amor I love you, Amor I love you, Amor I love you!

Simone só não disse que deixou o governo, mas não o salário de R$ 7.020,00 (sete mil e vinte reais)  até dezembro de 2012, o último mês de seu “mandato”. Não contente com isso, a prima (segundo grau) de Moura Junior levantou a bola dos secretários presentes, dizendo que eles sim iriam governar Paulínia. Misericórdia! Lembrei agorinha da personagem do espetacular Gero Camilo, em Carandiru: SEM CHANCE! Desde quando Secretário apita alguma coisa com Moura pai no comando direto ou indireto? Ah tháááááááááááááá´!!!!
Antes de Simone, falaram seu Aldo Lima Guimarães, Presidente do Conselho Municipal de Saúde, e Hamilton Cezar, o também folclórico Cezinha. Seu Aldo tem um know-how inquestionável nos assuntos da city e, principalmente, na Saúde. O pai dos meus amados Cláudio, Luciano e Graziela e marido da querisíssima Margarida foi pertinente ao pedir mais atenção para a área complicadíssima do município.Cezinha lembrou que em mais de 60 dias, a administração Moura Junior fez as Semanas do Trânsito e da Árvore e por aí vai (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 
Cezinha deve ter sido contaminado pela amnésia de Simone Moura ou ficou nervoso ao discursar O danadinho esqueceu de dizer que em pouco mais de 60 dias Moura Junior fechou o Caco, a AIJ, desempregou mais de 400 famílias, prometeu duas vezes pagar as rescisões dos desempregados e não cumpriu, exonerou 89 Chefes de Serviços da PMP, ainda não mandou nenhum projeto de lei para a Câmara em benefício do Povo, jogou uma multidão de crianças e adolescentes na rua, entre outras “obras” memoráveis. “Memorex Cezinha, Memorex!” 
Se nos microfones Cezinha defende com unhas e dentes o governo Moura Junior (PMDB), uma gaivota me contou que nos bastidores o discurso dele é diferente. Tipo: Até agora nada (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Injustiça das grossas, em minha opinião. Este rapaz foi e continua sendo bombardeado nas redes sociais por largar (do dia para a noite) o “Marmitex 40” e abraçar o “Vruuuuum  15” (tudo no sentido figurativo), nada mais justo que um CC9 pra ele, concorda gente? Todo mundo tá ganhando, por que somente ele não? Nomeia Cezinha, pô!
Para mostrar que tem prestígio na classe artística, a secretária Mônica Trigo chegou à audiência do PPA acompanhada da maravilhooooooooooooooooosa Zezé Mota (amoooooooooo) e do espetacular Ailton Graça, o eterno “Ébano” da diva Alcione. Zezé até cantou (bárbaro). Duas presenças realmente muito especiais. Já do ponto de vista “orçamentário” a pergunta que não quer calar: o que os artistas têm a ver com o Plano Plurianual de Paulínia? Simples: os milhões públicos que Moura Junior (PMDB) pretende torrar no cinema nacional, enquanto os dois cinemas de Paulínia não tem nem saídas de emergência (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Os discursos de Zezé e Ailton a favor de investimentos públicos na Cultura deve ser respeitado, mas o dinheiro de Paulínia deve ser mais ainda. Concordam? Nos próximos dias este assunto renderá muitos e muitos babados. 
Foi pior a emenda do que o soneto. A diretora Aristéia Evaldo (Educação) disse em sua página no Facebook, o seguinte: “Eu entendo como nossos vereadores todos o que foram eleitos pelo povo”. Ai meu pai! “Vou pedir aos nossos vereadores Sandro Caprino e Custódio Campos que nos avise”, postou ela na rede social, sobre o dia da votação do “Abono Carnê” na Câmara Municipal.  Então, apenas estes vereadores foram eleitos pelo povo? Ah, dá licença!

Não tem argumento? Levanta a bunda da cadeira, passa numa padaria, compra lanches de metro e leva para as crianças nas escolas. Me poupe! Se estava se referindo aos 15 vereadores então que dissesse: “Vou pedir AOS VEREADORES para nos avisar”. Agora dá nomes aos bois e depois vem quer dá o truque?. 
Aristéia também disse que antes de ser nomeada é eleitora. Lóoooooooogico. Se não fosse eleitora (e do 15) não seria diretora. Queimar, ela disse que não queima ninguém. Oxente! Como uma diretora de um governo queimado, como o atual, pode queimar alguém? A danadinha completou: “Tem alguns vereadores que fazem isso SÓZINHOS (se ela, diretora de Educação, botou acento no “Só” de Sozinhos, quem sou eu pra tirar…gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas?) Como diz o Cezinha: eu raxoooooo (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Repito a pergunta passada: Será que a Educação não tem um problema para ocupar esta diretora? Demorou! Ah! Para a alegria da diretora, o abono chegou ontem na Câmara. Leia matéria!
E o cordão dos Assessores Especiais cada vez aumenta mais. Gente, nunca vi um prefeito com tantos assessores especiais como Moura Junior (PMDB) e nenhum projeto de lei em beneficio do povo, até agora.  Daqui a pouco, o  Congresso Nacional é aqui (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). É uma verdadeira avalanche de CC9, cujo salário é de quase R$ 10 mil mensais.  Eita coisa boa! Mas antes dos “marajás” de ponta, Moura Junior (PMDB) nomeou Kátia Goulart Amaro diretora da Secretaria de Habitação. Nada de mais se a moça não for mesmo namorada de Adriano Moura, primo de Moura Junior. Além disso, Kátia se formou ou ainda estuda em biomedicina. O que uma ou futura biomédica vai fazer na Habitação? É de lascar viu! É de lascar!
Mas o suposto “parentesco” da nova diretora de Habitação com a família Moura não é nada, perto da nova Assessora Especial Camila Santos Siqueira, nomeada por Moura Junior (PMDB), dia 1º deste mês, com portaria publicada no Semanário Oficial de quarta (25). Camila é sócia da tal empresa Vila Lumieri, que alugou da caloteira Pró-Shopping o restaurante que deveria funcionar dentro do Complexo Rodoviária Shopping. 
Segundo a Pró-Shopping disse em nota ao Jornal da EPTV, 02 de maio deste ano,a empresa de Camila não pagava o aluguel do restaurante e por isso estava sofrendo uma ação de despejo na Justiça. Então só podemos concluir que: uma empresa caloteira (Pró-Shopping)  terceirizou o restaurante para outra empresa (Vila Lumiéri), também caloteira.  O  restaurante foi construído com dinheiro público, nunca serviu  um “PF”, quanto mais uma lagosta grelhada, e ainda foi incendiado por vândalos dia 28 de agosto passado. E quem vai pagar a conta da reforma? Quem? Quem? A Assessoria de Moura Junior (PMDB) é realmente muito “ESPECIAL”. 
No total, o Complexo Rodoviária Shopping custou quase MEIO BILHÃO DE REAIS aos cofres públicos de Paulínia e até hoje nenhum centavo retornou para o município. A caloteira Pró-Shopping usou e abusou do patrimônio público, só embolsou, sem desembolsar nada, depois o dono abriu mão do contrato de concessão e devolveu o shopping em frangalhos, tanto que foi interditado. E não duvidem se a Pró-Shopping ainda não processar o município querendo indenização. A Vila Lumieri, da nova assessora especial de Moura Junior (PMDB), assumiu o espaço gastronômico e largou o local todo depredado e incendiado. O povo que pague e se lasque!
Bem meus amores, tenham todos um fim de semana divino e cheio de muito amor e alegria. Que NOSSO PAI CELESTIAL ESTEJA SEMPRE CONOSCO. Milhões de beijos e abraços! Au revoir!

<imagem1>ca2a9b4be8cba44f4845fbadee3a6451.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima