Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Moura Junior (PMDB) “blinda” Mário Lacerda da convocação feita pela vereadora Ângela Duarte (PRTB)

Última atualização em 11 de outubro de 2013

[imagem] O atual presidente do Instituto Pauli Previ, Mário Lacerda, era esperado para uma reunião com os vereadores da Câmara Municipal de Paulínia, na manhã desta quinta-feira (10). O requerimento convocando Lacerda foi apresentado pela vereadora Ângela Duarte (PRTB) na sessão do dia 1º deste mês, aprovado por unanimidade e encaminhada ao prefeito Edson Moura Junior (PMDB), no último dia 3. Cerca de uma hora e meia hora antes da reunião, Moura Junior (PMDB) oficiou o Presidente da Casa, Marquinho Fiorella (PP), que não tinha competência jurídica para atender ao pedido da vereadora de convocar Lacerda.

“O Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos do Município de Paulínia (Pauli Previ), de acordo com o disposto no artigo 44 da LC 18/2001 é uma autarquia com personalidade jurídica, integrante da Administração Indireta do Município, com autonomia administrativa e financeira, ou seja, sem qualquer subordinação ao Gabinete do Prefeito”, justificou Moura Junior (PMDB).
Antes da convocação oficial, o presidente do Pauli Previ vinha sendo convidado para ir até a Câmara esclarecer dúvidas dos vereadores sobre alguns assuntos, entre eles, aplicações financeiras suspeitas feitas pelo órgão. “Nunca recebi um convite oficial da Câmara, antes da convocação”, disse Lacerda, hoje pela manhã ao Correio Paulinense Online. Já a vereador Ângela Duarte (PRTB), autora da convocação, tem outra versão. “Em uma das vezes que o convidamos, o presidente do instituto chegou a marcar uma reunião na Câmara, mas no dia agendado acabou cancelando uma hora antes. Por isso, decidimos convocá-lo”, rebateu a vereadora, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara.
O Correio Paulinense Online apurou que o não comparecimento de Lacerda implicará numa série de medidas cabíveis junto aos órgãos competentes, para que ele preste os esclarecimentos devidos aos vereadores sobre a situação do instituto de previdência dos servidores públicos municipais. 
Foto: Lucas Rodrigues/CP Imagem (Capa) e Cláudia Arantes/CMP (Ângela Duarte)

<imagem1>4a36bd370f3872e5f6b94a500236cb48.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima