Correio Paulinense

Paulínia, 20 de junho de 2024
Ministério Público determina e Prefeitura manda lacrar Shopping Paulínia por várias irregularidades na segurança

Última atualização em 6 de setembro de 2013

[imagem] A pedido do Ministério Público de Paulínia, o Paulínia Shopping foi lacrado por não oferecer segurança à lojistas e clientes. O Correio Paulinense Online apurou que o complexo comercial não tinha o AVCB (Alvará do Corpo de Bombeiros), dispositivo anti-incêndio (sprinter), saída de emergência na sala de cinema e as portas das saídas de emergência do próprio shopping estão fora dos padrões exigidos atualmente, entre outras irregularidades apontadas nos laudos de vistoria do Corpo de Bombeiros e da Secretaria Municipal de Defesa Civil. 
A Pró-Shopping, empresa que administra o Paulínia Shopping, foi notificada para manifestar-se em 72 horas sobre as irregularidades, mas como não respondeu aos questionamentos do MP, o shopping acabou interditado pela Secretaria de Defesa Civil do município.  O Paulínia Shopping só será reaberto depois de sanadas todas as irregularidades. 
O Paulínia Shopping foi inaugurado em 2006, na gestão do ex-prefeito Edson Moura (PMDB), com show superfaturado (R$ 550 mil) da cantora Ivete Sangalo e custou cerca de R$ 70 milhões aos cofres públicos. Possui 29 lojas, uma agência da Caixa Econômica Federal e uma sala de cinema. Tentamos falar com a administração do shopping, mas não conseguimos localizar ninguém. 
Foto: Divulgação 

<imagem1>a850e61a9891fab50962ac5d84263b3d.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima