Correio Paulinense

Paulínia, 25 de maio de 2024
Liminar de Dixon já está para decisão do ministro Fachin

Última atualização em 6 de novembro de 2018

Por volta das 13h14min desta terça-feira (6), a defesa do prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho (Progressistas), protocolou no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ação cautelar para mantê-lo no cargo até o julgamento definitivo da AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo) que cassou o mandato dele por abuso de poder econômico e captação ilícita de dinheiro nas eleições municipais de 2016.   
Menos de três horas depois, a cautelar já estava na mesa do ministro Edson Fachin, relator do caso, que deve decidir nas próximas 48 horas. No último dia 24, Fachin negou cautelar do vice-prefeito Sandro Caprino (PRB) pedindo a mesma coisa, porém, sem ter ingressado ainda com o devido recurso especial eleitoral (RESpe) no TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo).

Foto: Reprodução/Internet

<imagem1>cautelar_Paulínia_ministroFachin.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima