Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
Homem é flagrado jogando entulho na rua e dar ré na direção da mulher que gravou

Última atualização em 23 de janeiro de 2018

Na tarde desta segunda-feira (22), uma moradora do bairro Jardim Ouro Negro viu um homem descarregando resíduos de construção no canteiro da Avenida João Aranha e decidiu gravar a ação com o celular.  No vídeo que postou em uma rede social, Rose Abreu questiona o homem, enquanto ele joga pedaços de concretos na via pública.
–  Então pode jogar aqui, que a máquina vem limpar, que o senhor tá trabalhando pro fiscal da prefeitura, é isso que o senhor tá falando?
Isso, responde o homem, enquanto segue para entrar no carro.
A moradora, então, tenta identificá-lo:
Como é o nome do senhor?
E, ele retruca:
Fala pra tua mãe, como é que ela chama.
Rose ainda insiste:
Ah, é? Então, tá. Então, o fiscal da prefeitura que mandou é isso?
Nesse momento, o homem dar partida no carro, que estava parado em cima do canteiro, anda com o veiculo na pista alguns metros, depois para, engata marcha à ré e volta na direção da moradora, que se assusta e grita:
Ah, vai me atropelar? Atropela. Aí, termina a gravação.
Rose Abreu contou ao Correio que antes de gravar com o celular, perguntou ao homem por que ele estava jogando o lixo naquele local. “Ele me respondeu que teria sido o fiscal da Prefeitura que mandou. Quando ele disse isso aí peguei o celular e gravei tudo”, disse a moradora. 
Sobre o homem ter dado marcha à ré em sua direção, Rose acredita que ele queria apenas assustá-la.  “Eu não acredito que ele chegaria a me atropelar, foi na intenção de assustar sim”. A moradora não conseguiu identificar o homem, mas, segundo informações recebidas por ela, ele seria pedreiro e morador na Rua Dom Francisco de Campos Barreto, na Vila Bressani, região central da cidade.

O Correio também não conseguiu identificar e localizar o homem, mas deixa o espaço aberto para ele, se quiser, apresentar sua versão dos fatos.

VEJA O VÍDEO


Penalidade
A Lei Municipal 1703, de 25 de junho de 1993, estabelece “penalidade administrativa” para quem for flagrado arremessando, descarregando, depositando ou abandonando lixo, entulho, sucata, mercadorias, objetos ou outros materiais nos passeios, canteiros e outros pontos de vias públicas da cidade. 
A penalidade consiste em aplicação de multas para pessoas físicas, como o homem flagrado no Jardim Ouro Negro, e também jurídicas (empresas).  Veja os valores estabelecidos no Artigo 2º da lei::
PESSOA FÍSICA
a) primeira ocorrência – 32 UFPs – R$ 108,75
b) segunda ocorrência – 65 UFPs – R$ 220,89
c) terceira ocorrência – 130 UFPs – R$ 441,78
d) quarta ocorrência – 261 UFPs – R$ 886,96
PESSOA JURÍDICA
a) primeira ocorrência – 130 UFPs – R$ R$ 441,78
b) segunda ocorrência – 261 UFPs – R$ 886,96
c) terceira ocorrência – 522 UFPs – R$ 1.773,82
e) quarta ocorrência – 1044 UFPs – R$ 3.547,83
*UFP – Unidade Fiscal de Paulínia
**Valor da UFP 2018: R$ 3,3983 

Foto: Vídeo/Rose Abreu/Reprodução

<imagem1>homeméflagradojogandoentulhoPaulínia.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima