Correio Paulinense

Paulínia, 4 de março de 2024
Guarda tem armamento renovado: uma pistola 9mm nova para cada agente

Última atualização em 3 de fevereiro de 2024

Rodrigo Vieira, comandante da GCM, Maick Lucizano, secretário de Segurança Pública, e o prefeito Du Cazellato (PL), durante a entrega do arsenal no COI – Foto: PMP


A Guarda Civil Municipal de Paulínia (GCM) recebeu nesta sexta-feira (2) um lote de 230 pistolas Taurus 9mm, para reforçar o combate à criminalidade na cidade. De acordo com o secretário municipal de Segurança Pública, Maick Lucizano, a corporação trabalhava havia mais de 20 anos com armas calibre .380. “Agora usamos o mesmo equipamento das Polícias Federal e Civil”, disse ele, por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura de Paulínia (PMP).

A entrega do novo arsenal aconteceu no Centro de Operações Integradas (COI), inaugurado em fevereiro do ano passado. Estiveram presentes: prefeito e vice prefeito, Du Cazellato (PL) e Sargento Camargo (Republicanos), secretário da SSP, Maick Lucizano,  comandante da GCM, Rodrigo Vieira, delegados (titular e adjunto) da cidade, Roney de Carvalho e Ricardo Zinn, presidente do Conseg (Conselho Municipal de Segurança), Maurício Pereira dos Santos, além de vereadores e secretários municipais.

Investimento
O Correio perguntou, mas a Prefeitura de Paulínia (PMP), ainda não informou o valor investido na compra das armas. Em 2022, a administração lançou um pregão presencial  para adquirir  230 pistolas nove milímetros, no valor total estimado de R$ 1.074.318,50. Porém, primeiro  suspendeu e depois revogou a licitação.

Além das armas entregues ontem (2), a GCM recebeu ao longo do ano passado oito fuzis 556, oito carabinas 9mm e quatro carabinas semiautomáticas .40, segundo a PMP. Atualmente, entre homens e mulheres, a corporação possui 230 agentes, sendo cerca de 120 atuando nas ruas. 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima