Correio Paulinense

Paulínia, 29 de maio de 2024
FOLIA: Por 7 votos a 5, Câmara derruba projeto de R$ 900 mil para “show” de escolas de samba de fora

Última atualização em 20 de fevereiro de 2014

[imagem] O Projeto de Lei 05/2014, do prefeito Edson Moura Junior (PMDB), foi derrubado logo na legalidade, Por 7 votos a 5, durante a segunda sessão extraordinária do ano, na manhã desta quinta-feira (20). Os vereadores Custódio Campos (PT), Angela Duarte (PRTB), Doutor João Mota (PT), Danilo Barros (PCdoB), Simeia Zanon (PROS), Tiguila Paes (PRTB) e Fabio Valadão (PROS) não autorizaram Moura Junior (PMDB) pagar cachê individual de R$ 300 mil para apresentações “artísticas” de três escolas de samba de fora, no Sambódromo do Parque Brasil 500.

Com a derrubada do projeto, a terceira extraordinária, que deveria acontecer em seguida, acabou não sendo convocada pelo presidente da Casa, Marquinho Fiorella (PP). Os vereadores Gustavo Yatecola (PTdoB) e Marquinho da Bola (PSB) não compareceram à sessão.

Os vereadores Sandro Caprino (PRB), Du Cazellato (PP), Zé Coco (PTB), João Mota Pinto (PSDC) e Edilsinho Rodrigues (PPS) votaram a favor do pagamento do cachê, mas foram vencidos pela maioria. Mais detalhes sobre a derrota do governo Moura Junior (PMDB) na Câmara você confere amanhã na coluna “Deixem-me Falar…”.
Foto: Claudia Arantes/CMP

<imagem1>75dfb01b15940dce2ac2fe1a873a8983.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima