Correio Paulinense

Paulínia, 22 de abril de 2024
Família apela por informações sobre paradeiro de filho caçula

Última atualização em 1 de agosto de 2021

Oito dias após o desaparecimento de Endrix Rodrigues, 30 anos, a família dele ainda continua em busca de informações sobre o seu paradeiro. De acordo com Cristiane Rosa Mariano, o irmão caçula saiu de casa no último domingo (25), por volta das 18h30, e até hoje não voltou. “Ele saiu de bicicleta e vestia calça jeans escura e camiseta regata vermelha”, disse ela.
Segundo a irmã, Endrix mora com a esposa e duas filhas no Alto de Pinheiros, trabalha como porteiro e funileiro, e quando desapareceu disse que voltaria logo. “Por isso, nem o celular levou”, comentou ela. Cristiane afirmou ainda que o irmão não sofre de depressão e nem é dependente químico. “Porém, estamos passando um momento muito difícil devido à morte do meu irmão do meio (o tatuador e malabarista Evans Lee Rodrigues, 34 anos, que suicidou-se no final de abril deste ano). Minha mãe está desolada”, acrescentou.


Endrix, Simone, Cristiane e Evans

Na última sexta-feira (30), Simone Aparecida Mariano Tinta, mãe de Endrix, registrou o desaparecimento do filho na Delegacia de Polícia Civil da cidade. Cristiane ressaltou que a família não faz ideia para onde seu irmão possa ter ido. “Não sabemos. Ele nunca fez isso, de sumir”, concluiu.  Qualquer informação sobre o paradeiro de Endrix pode ser passada à família pelos telefones (19) 97421.4900 e (19) 98742.8274.

Mizael Marcelly
Fotos: Álbum de Família

<imagem1>EndrixRodrigues_desaprecido_Paulínia_SP.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima