Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Emendas dos vereadores dão outro destino aos milhões que Moura Junior (PMDB) quer gastar com um centro de convenções

Última atualização em 13 de dezembro de 2014

[imagem] A vereadora Angela Duarte (PRTB) e o vereador João Carlos Mota, o Doutor João Mota (PT), querem que o dinheiro reservado no Orçamento Municipal de 2015 para a construção de um centro de convenções, através da Parceria Público-Privada (PPP) do Parque Brasil 500, seja totalmente investido em saúde, habitação, educação, assistência social, mobilidade urbana, saneamento básico e esporte. Os R$ 85.200.000,00 (oitenta e cinco milhões e duzentos mil reais) que o prefeito “sub judice” Edson Moura Junior (PMDB) pretende gastar com o centro de convenções foram distribuídos pelos vereadores em várias Emendas Modificativas ao Projeto de Lei 51/14, que estima a receita e fixa a despesa de Paulínia, para o exercício financeiro de 2015. 

As Emendas de autoria do Doutor João Mota (PT) totalizam R$ 9.100.000,00 (nove milhões e cem mil reais), assim repartidos: R$ 4 milhões, para a construção de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), R$ 5 milhões, para construção de casas populares, e R$ 100 mil, para o programa Bolsa Atleta, que incentiva atletas profissionais do município. Além disso, Mota (PT) também quer que R$ 2 milhões, dos quase R$ 39 milhões reservados no Orçamento 2015 ao polo cinematográfico, sejam investidos nas entidades assistenciais do município.  
Já as Emendas de autoria da vereadora Angela Duarte (PRTB) destinam os R$ 76.100.000,00 (setenta e seis milhões e cem mil reais), restantes do total destinado à construção do centro de convenções na área do Parque Brasil 500, para investimentos nas áreas de educação, saúde, saneamento básico, esporte e mobilidade urbana. Para a vereadora, este dinheiro deve ser usado na melhoria do atendimento básico da saúde; informatização da educação; reforma das praças de esportes; em pavimentação asfáltica; tratamento de  água e esgoto; e para tirar do papel o projeto da construção de 4 (quatro) pontes, interligando as regiões do João Aranha, Parque da Represa, Monte Alegre e Parque dos Servidores, para resolver o problema do trânsito do município.
Para o dinheiro reservado à construção do centro de convenções ser investido nas áreas essenciais da cidade, as Emendas apresentadas por Angela (PRTB) e Doutor João Mota (PT) precisam ser aprovadas pela maioria dos vereadores. A votação do Orçamento 2015 (PL 51/14) e, consequentemente, dessas Emendas Modificativas, deve acontecer até o dia 23 deste mês. Angela (PRTB) também tirou dinheiro do projeto do cinema, em 2015, para setores essenciais do município. “Com tantos problemas graves, em áreas que deveriam ser priorizadas, é inadmissível o governo municipal querer investir em obras supérfluas, que não trarão nenhum benefício à população”, comentou a vereadora Angela (PRTB).
Limites
A vereadora Angela Duarte (PRTB) também apresentou uma emenda modificando os limites de transposição, remanejamento e transferência de recursos, dentro de uma mesma secretaria ou de uma pasta para outra, e também para abertura de créditos adicionais suplementares, que passam a ser de 12,5% (doze e meio por cento) e 15% (quinze por cento), respectivamente. 
Os limites atuais são de 50%, dentro da mesma secretaria, 25% de uma secretaria para outra, e 25% para abertura de créditos adicionais. A receita do município de Paulínia estimada para o ano de 2015 é de R$ 1.244.471.000,00 (um bilhão, duzentos e quarenta e quatro milhões, quatrocentos e setenta e um mil reais). 
Fotos: Claudia Arantes/CMP

<imagem1>7cb6826a420627d89db70c214e971f83.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima