Correio Paulinense

Paulínia, 21 de maio de 2024
“Eleitor tem um mês para regularizar o título e poder votar nas Eleições 2024”, avisa TSE

Última atualização em 9 de abril de 2024

Quem já possui o título, mas ainda não cadastrou a biometria na Justiça Eleitoral poderá votar normalmente para prefeito e vereador – Crédito: TSE

Eleitoras e eleitores de todo o país têm um mês para regularizar a situação eleitoral, solicitar a transferência de domicílio eleitoral e atualizar dados cadastrais. Após o dia 8 de maio, o cadastro do eleitorado estará fechado para a organização das eleições municipais deste ano. Para reforçar esse alerta, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lança, em rede nacional de rádio e televisão, nova campanha, com o mote “Título na mão é sossego na eleição”.

A ação, que será veiculada até 7 de maio nas emissoras de todo o país, busca conscientizar as eleitoras e os eleitores sobre a importância de regularizar o documento para poder votar com tranquilidade nas Eleições Municipais 2024, marcadas para 6 de outubro (primeiro turno).

#TítuloNaMão

Nesta segunda-feira (8), a Justiça Eleitoral também une esforços com os usuários da rede social X (antigo Twitter) com o objetivo de mobilizar o eleitorado para que, com maior antecedência, compareça aos cartórios eleitorais do país, evitando grande concentração e maior fluxo de atendimento nos dias que antecedem o fechamento do cadastro.

Utilize a hashtag #TítuloNaMão e participe dessa mobilização nacional. Também podem ser usados retweets (RTs) ou compartilhamentos de conteúdos do perfil do TSE, de outras parcerias da Justiça Eleitoral ou de qualquer ação relacionada.

Curtindo e comentando as mensagens publicadas, você também apoia a ação e ajuda o tema a ganhar força e espaço nas redes sociais.

Comparecimento aos cartórios
As pessoas que ainda não têm o título de eleitor e desejam participar das eleições deste ano devem requerer o documento diretamente no cartório eleitoral mais próximo, inclusive para a coleta da biometria.

Consulte o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado ou a unidade da Justiça Eleitoral da localidade em que reside para verificar se é necessário agendar o atendimento presencial.

A consulta para saber a sua situação pode ser feita no site do TSE.

Cadastramento biométrico
Cadastrar a biometria na Justiça Eleitoral é fácil e rápido. A tecnologia ainda oferece vantagens:

a) É sem custos.
b) Garante maior segurança ao processo eleitoral.
c) Auxilia na identificação de eleitores com múltiplos registros no cadastro eleitoral.

A pessoa que já possui título de eleitor, mas não tem a biometria cadastrada na Justiça Eleitoral poderá votar normalmente no pleito de 2024.

Texto: Assessoria de Imprensa do TSE

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima