Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
DEPRIMENTE: atuação de “fakes” e “reais” nos principais grupos políticos da city, na internet, precisam ser combatidas com veemência; LÍDERES, tomem uma atitude; PARABÉNS, Dona Mary!

Última atualização em 12 de agosto de 2016

[imagem] Boooooooooooooa taaaaaaaaaaaarde, meus amooooooooores!!! Como era previsto, os dois principais grupos políticos virtuais da city, no Facebook, infelizmente, foram transformados por alguns em territórios baixíssimos, com tudo que não presta. Troca de ataques e acusações de tudo quanto é tipo, notícias falsas, xingamentos e atééééé doença, tudo no “balaio de postagens” pavorosas. Dá até ânsia. Uns protagonizam a baixaria mostrando as próprias caras, outros se escondem, covardemente, atrás de fakes. E o pior: todos acreditam que estão abafando, denegrindo e humilhando uns aos outros, publicamente. É surreal. 

Entre os atores do deprimente espetáculo virtual, pessoas de alto conceito político e bem esclarecidas, que jamais deveriam fazer parte desse tipo de cena. O que faz alguém pensar que isso vai trazer algum benefício para si ou para o seu candidato? Vivemos numa cidade pequena, onde todo mundo se esbarra o tempo todo, em todos os lugares. E aí? Quem se ataca no Facebook vai ficar fugindo uma das outras na padaria, no supermercado, na farmácia, nas ruas? E quem mora vizinho? 
Além das baixarias, tem gente cometendo até crimes de calúnia, injúria, difamação, eleitoral, e, certamente, uma hora ou outra, serão responsabilizadas judicialmente. Chamar alguém de ladrão, sem provas, é crime; publicar pesquisas falsas, é crime; humilhar com palavras de baixo calão, é crime. Tudo isso e muito mais está acontecendo, escancaradamente. Quem utiliza fakes para fazer o “serviço sujo”, encomendado por altos figurões da política, pensa que está protegido pelo anonimato, mas não está. Hoje em dia, as investigações de crimes virtuais descobrem tudo e todos. Ninguém fica impune. Depois que a bomba estoura (buuuuum), os “patrões” largam todo mundo na mão e quem quiser que se vire para pagar advogado. Duvidam?
Esses grupos virtuais têm moderadores, mas é claro que eles não conseguem acompanhar tudo o que os membros postam e comentam. Por isso, um post ou outro é deletado, um membro ou outro é punido. Aí, um espaço que deveria ser utilizado para debater projetos políticos, plataformas dos candidatos, críticas, elogios e sugestões positivas, são utilizados por um bando tresloucado, que não está nem aí para a população. A maioria absoluta defende o próprio umbigo. 
E os líderes políticos dessas pessoas, não farão nada para mudar esta situação? Será que não enxergam os prejuízos políticos que os próprios aliados estão causando em suas imagens públicas? Ô, eles acham que seus “guerreiros” estão certos? Se a resposta for sim, sorry, mas “tal aliado, tal líder”. Mostrar os defeitos políticos do adversário é uma coisa, xingar a mãe e jogar no ventilador até a doença dele é ouuuuuuutra, beeeeem diferente. As pessoas precisam se colocar freios, retomar o próprio juízo, a civilidade, e partir para o debate limpo, para o confronto de ideias que enriqueçam o processo da disputa, e não fazerem o que estão fazendo. É lamentável, triste. NOTAAAAAAAA ZEROOOOOOOOOOOOOOO!!!!
Mudando de assunto, pelo andar da carruagem, os partidos políticos que disputarão as eleições na city devem registrar seus candidatos a prefeito, vice e vereadores entre este fim de semana e a próxima segunda-feira, último dia do prazo legal. A campanha começa na terça-feira (16), mas, pelo menos no quesito propaganda eleitoral, não deve bombaaaaaaaaar logo na primeira semana.  Após registrado na Justiça Eleitoral, o candidato solicita à Receita seu CNPJ e depois abre a conta bancária de campanha. Feito isso, já pode manda bala. Acredito que somente do dia 18 em diante é que as campanhas serão colocadas nas ruas…e aí a “jiripoca vai piar” até 01 de outubro. 
Todos os coordenadores de campanha, sem exceção, estão rebolando no quesito de gastos. Será preciso muita habilidade para não cair no “abuso de poder econômico”, devido ao teto único estabelecido pela Justiça Eleitoral para as campanhas – em Paulínia, R$ 73 mil por vereador e R$ 2,9 milhões para cada prefeito. No caso dos candidatos à Câmara, o cuidado deve ser redobradíssimo, pois quem colocar, na rua, uma campanha com cara acima do limite de custo permitido por lei, terá sérios problemas.
Embora já tenhamos 7 pré-candidatos à Prefeitura da City – Pavan (PSDB), Tuta (PPS), Dixon (PP), Yamada (PSOL), Daniel Messias (PCO), Kielson (PMB) e Adriano Moura (PMDB) – até segunda-feira, o quadro pode sofrer alterações. Na política, tudo acontece em questão de segundos, minutos. Durante a própria campanha mesmo, algo de novo pode estourar. Porém, uma coisa é certa: o pleito eleitoral deste ano será mais um recheado de capítulos jurídicos. Só nos restar aguardar e torcer para que não seja tão traumático como foi o de 2012.
Para finalizar, hoje é o aniversário da minhaaaaaaaaaaaaaaaaa amaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaada Maria das Graças Dutra Paes, a Dona Mary, uma mulher de caráter e fibra inquestionáveis, uma mãe dedicada, uma avó apaaaaaaaaaaixonada pelos netos (Davi, Lucas, Arthur, Carol e Laurinha) e um ser humano dos melhores que conheci em toda a minha vida. “Parabéeeeeens, minha querida. Que Deus abençoe a senhora e lhe encha, acima de tudo, de muuuuuuita saúuuuuuude. Beijos e felicidades”. 
Um fim de semana esplendoroso para todos nós, com DEUS SEMPRE À FRENTE, NOS GUIANDO E PROTEGENDO. Muuuuuuuuitos beijos e abraços! Au revoir!

<imagem1>6795078f7d5f66f35a808f0ad4dae21e.jpg</imagem1>

<imagem2>6795078f7d5f66f35a808f0ad4dae21e.jpg</imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima