Correio Paulinense

Paulínia, 15 de junho de 2024
Defesa mourista entra com embargos, recurso e pedido de liminar no TRE, contra a condenação por fraude eleitoral

Última atualização em 1 de dezembro de 2014

[imagem] O ex-prefeito Edson Moura Junior (PMDB) entrou na tarde de hoje (1º) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com os embargos de declaração contra a sentença que o condenou, no último dia 12, à perda do mandato, por fraude eleitoral. Ao mesmo tempo, o ex-vice-prefeito Francisco Almeida Bonavita Barros (PTB), que também teve o mandato cassado, entrou com Recurso Especial (RE), cumulado com pedido de liminar para continuarem no cargo, até o julgamento final do processo.

O Recurso Especial será encaminhado ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Já a liminar pedida por Bonavita (PTB) pode ser julgada à qualquer momento, pelo desembargador Antônio Carlos Mathias Coltro, presidente do TRE, que, no último dia 12, votou favorável à cassação do prefeito e vice de Paulínia. Caso o pedido seja negado em São Paulo, a defesa mourista pedirá a liminar em Brasília, no TSE. Já os embargos declaratórios, que servem apenas para sanar eventuais omissão, contradição e obscuridade na sentença, foram encaminhadas à desembargadora Diva Malerbi, relatora do processo.
Foto: Reprodução/Site do TRE 

<imagem1>97b1c201ffaef75ea997abdd2480a119.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima