Correio Paulinense

Paulínia, 29 de maio de 2024
Com apenas 14 anos, piloto paulinense é o grande destaque do Campeonato San Marino de Karting

Última atualização em 21 de outubro de 2014

[imagem] Por Lucas Rodrigues

Neste domingo (26), Rafael Caputi de Souza, 14 anos, correrá a 8ª Etapa do Campeonato San Marino, com largada prevista para às 8h30, no Kartódromo Internacional “San Marino”, em Betel (Paulínia). O objetivo do piloto paulinense na prova é manter-se na liderança da categoria Junior e seguir em busca do título. 

Desde os 12 anos, Rafael vem despontando no Karting, considerado a porta de entrada para a Fórmula 1, Nascar, Fórmula 3000, entre outras modalidades do automobilismo, regulamentadas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Ele foi o piloto revelação de 2013, quando subiu ao pódio em seis das dez etapas do Campeonato San Marino e terminou Vice Campeão da Categoria. No mesmo ano, o piloto de Paulínia participou do Festival Brasileiro e levantou o troféu prateado da prova nacional, correndo em casa.

O grande momento da carreira de Rafael Caputi, aconteceu no último mês de julho, quando correu profissionalmente pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). “Fiz minha primeira participação como piloto profissional reconhecido pela CBA, no Campeonato Brasileiro de Karting, em Itu. Competi com pilotos de vários estados brasileiros, fiz uma boa corrida, estava bem colocado, mas infelizmente, não consegui terminar a prova. Foi uma experiência pra vida toda”, disse o piloto.


Início 

Um talento se percebe nos mínimos detalhes. Rafael Caputi de Souza Júnior já nasceu com a paixão pela velocidade nas veias, pois ainda criança pediu para o seu pai, Rafael Caputi de Souza, uma mini moto e nela aprendeu, rapidamente, pilotar sozinho. 

Percebendo o talento do Júnior, Rafael presenteou o filho com um kart velho e a partir de fevereiro de 2012, o garoto começou evoluir dentro das pistas, superando-se a cada curva. Assim começou a história do líder do Campeonato San Marino e uma nova etapa na vida de seu pai, cujo apoio, incentivo e dedicação são fundamentais para o sucesso do filho. 


Inspiração

Rafael é fã incondicional do brasileiro tricampeão mundial da Fórmula 1, Ayrton Senna, falecido dia 1º de maio de 1994, no GP de San Marino, na Itália, após um acidente em uma das curvas do Autódromo Internacional “Enzo e Dino Ferrari”, um circuito próximo à cidade italiana de Ímola, 40 km a leste de Bolonha e 80 km a leste da fábrica da Ferrari, em Maranello.

Pelo fato de Senna ter sido revelado no Kart, ele serve de modelo para Rafael em todos os sentidos, além do seguinte lema: nada é impossível, basta acreditar e fazer o seu melhor todos os dias. 


Apoio 

Pai e filho vêm se dedicando em prol de futuro de muito sucesso no Karting. A superação aliada aos treinos passa por cima até da pouca estrutura e para alçar voos mais altos no automobilismo o apoio privado é importantíssimo. 

O aprendizado e o sonho de chegar longe mandam embora a vontade de desistir, quando ela bate na porta. “Estava com muita força de vontade em querer aprender. Não consegui grandes resultados, mas um aprendizado que deu ainda mais força para não desanimar’', revela Rafael e finaliza: “Minha família e eu sabemos que os custos são altos e que não conseguiremos arcar com as despesas necessárias para melhorar cada vez mais, dentro do automobilismo. Mas, mesmo assim, não vamos desanimar. Vamos correr até acabar o combustível”.

Informações 

Mais informações sobre a 8ª Etapa de San Marino, você pode conferir no site:  www.sanmarinokart.com.br

Foto: Cedida/Rafael Caputi 

<imagem1>0104739f75db237ddb6c273e92e9a008.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima