Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
Câmara vota amanhã (15) Comissão Especial de Inquérito para apurar supostas irregularidades na Saúde

Última atualização em 14 de outubro de 2013

[imagem] Com o apoio da maioria absoluta dos vereadores, a Câmara Municipal de Paulínia vota amanhã, dia 15, a instauração da Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar supostas irregularidades que estariam ocorrendo na Rede Municipal de Saúde do Município. 

O vereador Tiguila Paes (PRTB), autor do Requerimento pedindo a inédita CEI da Saúde, conseguiu o apoio de nove vereadores: Marquinho da Bola (PSB), Siméia Zanon (PSDC), Fábio Valadão (PROS), Du Cazellato (PP), Doutor João Carlos Mota (PT), Danilo Barros (PCdoB), Gustavo Yatecola (PTdoB), Ângela Duarte (PRTB) e Edilsinho Rodrigues (PP). Todos assinaram o Requerimento. Os vereadores da base governista João Mota Pinto (PSDC), Custódio Campos (PT), Zé Coco (PTB) e Sandro Caprino (PRB) não assinaram a CEI da Saúde de Paulínia. Assim como não vota em projetos, exceto em caso de empate na votação, o Presidente da Câmara não assina abertura de Comissão Especial de Inquérito. 
Tiguila Paes (PRTB) protocolou preliminarmente a CEI da Saúde de Paulínia no dia 19 de maio deste ano, ainda na gestão do ex-prefeito José Pavan Junior (PSB).  “Independente de situação e oposição, procurei o apoio de todos os meus colegas vereadores por entender que passou da hora do Poder Legislativo de Paulínia agir diretamente na ferida da Saúde Pública Municipal. Esta CEI não visa prejudicar a administração passada e muito menos a atual, até porque os problemas da Saúde vêm se arrastando há pelo menos 20 anos. A Comissão surgiu com o propósito de contribuir positivamente para o futuro da saúde dos paulinenses e é nisso que nós, representantes da população, devemos nos apoiar”, comentou o vereador. 
Para pedir a instauração da CEI da Saúde, o vereador Tiguila Paes (PRTB) baseou-se no Plano Diretor do Município de Paulínia (Lei Municipal nº 2.852, de 22 de dezembro de 2006),  Plano Plurianual (PPA) 2014,  em todas as Proposituras da Câmara para a Saúde, de janeiro até agora, e nas matérias denúncias feitas pela imprensa local e regional, no mesmo período. “Além disso, desde que assumi o meu mandato tenho feito uma verdadeira peregrinação pelas Unidades Básicas de Saúde e Hospital Municipal da cidade em busca de informações sobre todos os problemas”, explicou o vereador.
Composição
A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde será composta por 5 (cinco) membros. O partido que tiver mais de um vereador o membro será indicado pelo líder da bancada e confirmado pelo presidente da Casa, Marquinho Fiorella (PP).  Hoje, quatro partidos (PSDC, PT, PP e PRTB) têm dois vereadores, cada.  A quinta vaga da comissão será sorteada entre o PT do B (Gustavo Yatecola), PC do B (Danilo Barros), PRB (Sandro Caprino ), PTB (Zé Coco), PPS (Edilsinho Rodrigues), PROS (Fábio Valadão) e PSB (Marquinho da Bola). 
A CEI da Saúde terá 120 (cento e vinte dias) para concluir os trabalhos, prazo este prorrogável pelo mesmo período. Para ser efetivamente instaurada a CEI precisa da maioria simples, ou seja, oito votos favoráveis.  “Nove colegas assinaram a instauração da CEI, por isso acredito que ela será instaurada tranquilamente e nós, do Poder Legislativo, daremos um importante passo para melhorar consideravelmente a Saúde de Paulínia”, finalizou o vereador Tiguila Paes (PRTB). 
Fotos: Cláudia Arantes/CMP

<imagem1>7f9b91095e58b8fea59343e089068c7f.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima