Correio Paulinense

Paulínia, 30 de maio de 2024
Cinco entidades receberão R$ 2 milhões em subvenções, ano que vem: APAE, Casa do Menor, Fundação Padre Euclides, Bicicross e Rainha do Engenho

Última atualização em 18 de dezembro de 2015

[imagem] O projeto de lei já está tramitando na Câmara Municipal e sua legalidade será votada terça-feira (22)

O prefeito José Pavan Junior (PSB) já enviou à Câmara de Vereadores o projeto de lei que visa contemplar cinco entidades assistenciais com subvenções municipais, no próximo ano. De acordo com o PL 75/2015 a APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Casa do Menor, Fundação Padre Euclides da Cunha, Paulínia Racing Bicicross e Associação Rainha do Engenho deverão receber, juntas, R$ 2 milhões, para tocarem seus projetos socioeducativos.
Além das Subvenções 2016, os vereadores votarão também a criação dos “Benefícios Eventuais”, como auxílios natalidade, funeral, documentos, transporte, hospedagem e calamidade pública. Pelo texto do PL 78/2015, os valores dos futuros benefícios serão variados e para requerê-los a pessoa precisa residir em Paulínia e comprovar a real necessidade, entre outros requisitos. 
No total, 20 matérias serão discutidas e votadas na “2ª Parte – Ordem do dia”, da última sessão ordinária de 2015. Além disso, o primeiro-secretário da Mesa Diretora, vereador Zé Coco (PTB), fará a leitura das Ementas das Indicações, Requerimentos e Moções apresentadas pelos colegas. A sessão da Câmara de Paulínia é transmitida, ao vivo, pela TV Câmara na internet, a partir das 18h00.
Veja a distribuição das Subvenções 2016.
APAE – R$ 500 mil
Casa do Menor: R$ 960 mil
Fundação Padre Euclides, Bicicross e Rainha do Engenho: R$ 180 mil, cada.
Fonte: Câmara Municipal de Paulínia
Foto: Reprodução/Internet

<imagem1>8365df1f8353a8c4ebb63160ef171bb7.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima