Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Capivara diz que o “GOLPE DA CASA ECOLÓGICA” vai para a Câmara em janeiro e que Moura Junior (PMDB) JÁ APROVOU O “PROJETO”. “Prefeito, quem cala consente”!

Última atualização em 5 de dezembro de 2013

[imagem] Boa taaaaarde meus amoooores! Que calor da besta fubana é esse? Misericórdia! Três menopausas precoces, em menos de um mês, ninguém aguenta (gargalhaaaaaaaaaaadas). Haja reposição de hormônios (gargalhaaaaaaaaaaaaaaadas). O negócio é ligar o ar e digitar logo os bafos e babados, que estão tão quentes quanto a temperatura lá fora. Já estou preparando a última edição 2013 do jornal impresso, que destacará, entre outros assuntos, o “novo” PauliPrevi, mas agora é o online que gritaaaaaaaaa. Então vamos lá!

A foto que ilustra a coluna de hoje, reproduzida do Facebook, portanto pública,  mostra que Capivara e Paula Fernanda frequentam a mesma “alta roda” frequentada pelos “dois prefeitos” da city. Vai ver é por isso que Capivara afirma com tanta convicção que Moura Junior (PMDB) já aprovou o “projeto da casa ecológica”, um golpe anunciado e que, caso se concretize, só perderá para o da “substituição de última hora”, que acabou conduzindo o filho do “ex” para o cargo de prefeito.
Gente, ouvi o áudio da reunião, dia 30, na Fazenda Jacutinga, em Americana, onde Capivara debocha das pessoas humildes, cobra R$ 200,00 para elas caírem no golpe, diz que não sabe onde as casas ecológicas de Paulínia serão construídas, mas que o prefeito de Paulínia, Edson Moura, JÁ APROVOU O PROJETO.  “Ele (Moura Junior) já aprovou o projeto. Já tá lá no site de Paulínia. Entra lá, Habitação, você vai ver lá ‘Paulínia vai partir para as casas ecologicamente corretas”, afirmou ele e completou: “QUEM VAI TER DIREITO (às casas)?  QUEM TEM O CONTRATO (o contrato que tem que pagar R$ 200,00 de adesão e R$ 100,00 todo mês).
“Tá mais não, Capivara”. Depois que denunciei a maracutaia, segunda-feira (2),  Moura Junior (PMDB) mandou tirar do site da Prefeitura a matéria feita pela própria assessoria de imprensa, afirmando: “Paulínia se prepara para instalação de casas sustentáveis”, declarando apoio do prefeito ao “projeto” de Capivara.  Ainda bem que “printei” e registrei a matéria, pois tinha certeza de que isso ocorreria – ô se tinha!

Também, desde que este escândalo estourou aqui, no Correio Paulinense Online, esta foi a única ação do governo sobre o assunto. Até agora nenhuma Nota Oficial esclarecendo o suposto envolvimento de Moura Junior (PMDB) nesta vergonha contra paulinenses humildes, que no desejo de realizarem o sonho da casa própria, ficam vulneráveis à golpes como este. O prefeito tem que entender que “quem cala consente”. Mandar a assessoria retirar a matéria sobre a ida dele na Fazenda Jacutinga, dia 24, não resolve nada. Cadê a Nota Oficial desmentindo tudo o que Capivara está afirmando sobre o suposto envolvimento do governo nesta sujeira? Sujeira contra o povo. Cadê? 
Vão lendo. Capivara afirma: “A PARTIR DO MOMENTO QUE NÓS FORMAR OS GRUPOS DE PAULÍNIA, VAI VIR A FISCALIZAÇÃO LÁ DE PAULÍNIA, DA SECRETARIA DE HABITAÇÃO DE PAULÍNIA, PRA VER SE OS CARAS ESTÃO TRABALHANDO MESMO, FAZENDO TIJOLO”. Vejam que absurdo. E ai Danilo Garcia (Secretário de Habitação), o que o senhor tem à dizer sobre isso? Depois, Capivara zomba das pessoas humildes de Paulínia, chamando-as de SORTUDAS (se ser enganada é ter sorte, então para tudo que eu quero descer urgente da Torre Eiffelgargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

“Vocês tem tanta sorte, tanta sorte, porque o prefeito teve aqui e pode ser que em janeiro, fevereiro ou março chama todo mundo (as pessoas que pagarem a taxa de R$ 200,00 e depois R$ 100,00 por mês, a partir de janeiro), porque o terreno já saiu, porque eu sei que em janeiro o projeto vai para a Câmara”.
Oxente! Quem manda projetos de habitação ou de qualquer outra área para a Câmara é o Prefeito, gente. Será que Moura Junior (PMDB) antecipou à Capivara o envio deste golpe para a Câmara? Não sou nenhuma Ana Hickmann, mas TUDO É POSSÍVEL!
Vão lendo que coisa “maluca”. “As terras para construir as casas do Povo de Paulínia não vai ser aqui (lá na Fazenda Jacutinga), vai ser lá em Paulínia. Ah, mas onde que vai ser? Eu não sei”, afirma Capivara. Oxe! Então como pode cobrar das pessoas por uma coisa que nem sequer existe ainda? É neste momento da reunião que ele afirma que o prefeito Moura Junior (PMDB) já teria aprovado o “projeto”. Para convencer as pessoas, Capivara argumenta também o seguinte: “Aqui nós dependemos da contribuição de vocês. O povo de Americana já vem pagando quase R$ 2 mil. Vocês (o povo de Paulínia) não vão precisar da entrada de dois mil. Aqui basta pagar R$ 100,00 por mês”, diz ele e como “golpe pouco é bobagem” dá o “tiro de misericórdia”: “E pra ser justo com todo mundo, prestem atenção, pois vou falar uma vez só. Tem que ser aprovado, porque vai pra ata. A diretoria se reuniu e vai colocar uma taxinha de R$ 200,00 pra vocês entrarem”.

Depois, zomba das pessoas, outra vez: “Já pensou se fosse R$ 2 mil? Ai acabou o Natal, Ano Novo, o frango já foi”. E para avacalhar logo tudo de vez, leiam o que ele pergunta: “É justo essa taxinha de 200 ou vocês preferem entrar com 2 mil?”. Sem comentários!

Capivara diz que as pessoas não podem entrar de graça, pois tudo o que elas estavam vendo lá, na Fazenda Jacutinga, banheiro, as casas modelos, as máquinas industriais (máquinas estas que só existem na imaginação dele, pois a dona de casa que gravou o áudio disse não ter visto máquina alguma lá) que vão produzir três casas por dia (eita, além de fantasmas, as máquinas são viradas na besta fubana…gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

O cara é tão cara de pau, mas tão cara de pau, que pede para as próprias “vítimas” ajudarem a grampear o “pré-contrato” do golpe.
É de lascar, gente. É de laaaaaaaaaaaaaaaaaaaascar. “Paula Fernanda (a presidente da ADDIP) é quem vai assinar. Você vai pegar, vai lá no banco depositar o dinheiro, depois leva na associação e a presidente vai assinar. Aí você ganha um título de 6 meses”, disse ele. Título? Só se for de otária. Pela mãe do guarda!
Segundo Capivara tem gente que pergunta: “Ah mais eu tenho que pagar?” Em tom de deboche ele responde: “Tem gente que acredita que vai cair casa do céu. Só Silvio Santos e mesmo assim é difícil, não cai”. Dá pra acreditar numa coisa dessa? O “fabricador de casas” explica que a construção se dará em dois processos: por mutirão (com ajuda de amigos) e autoconstrução (pelo próprio dono). “O processo de autoconstrução é mais rápido, pois a pessoa vai pode ir todo dia no terreno dela, colocar tijolo, pode colocar pedreiro também”. Gente do céu este golpe é tão enrolado, que uma hora ele diz casa, outra ele diz terreno. É uma patifaria só – e das grandes. 
Capivara chama o prefeito de Moura “Filho” porque disse saber que ele não gosta de ser chamado de Junior, para não ser confundido com o ex-prefeito José Pavan Junior (PSB). Em vários aspectos, mas principalmente neste, não tem como confundir o ex-prefeito com o atual. Capivara apresentou este mesmo golpe ao então prefeito Pavan, que logo sentiu cheiro de coisa podre, consultou o seu Jurídico, que indeferiu o “projeto” e o espirituoso botou Capivara pra correr. Ele saiu tão desembestado que caiu no colo de Moura Júnior (PMDB), que segundo Capivara, estaria junto nesta “fita”. Mais uma vez: QUEM CALA CONSENTE!
Além do silêncio de Moura Junior (PMDB) sobre as declarações de Capivara ligando ele ao golpe, o agravante é que o prefeito esteve na Fazenda Jacutinga, dia 24 passado, não apenas conhecendo, mas declarando apoio ao “projeto”, segundo a matéria feita e assinada por sua assessoria de imprensa. Isso é mais triste e decepcionante. Mas, a minha obrigação eu já cumpri e continuarei cumprindo. Agora, eles (Capivara e Moura Junior) são brancos, eles que se entendam.

Detalhe importante: Segundo a moradora que gravou o áudio e me entregou, o famoso Zé Nilton (Pai do Seninha) teria gravado esta bendita reunião. Então se gravou, certamente foi para os “dois prefeitos”, que consequentemente estariam sabendo de todas as barbaridades ditas por Capivara. Certo?


Ufaaa!! Tenho que ir meus amores, pois a barriga está gritando pelo “jabá frito, com cebola e tomate” que me espera lá na cozinha. Um fim de semana abençoaaaaaaado e protegido POR NOSSO DEUS, TODO-PODEROSO. Muitos beijos e abraços. Au revoir!
Foto: Reprodução/Internet

<imagem1>1617b2e7eefa89d7db1086ed7d4828ff.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima