Correio Paulinense

Paulínia, 21 de maio de 2024
Câmara: sexta-feira tem audiência pública sobre orçamento do Estado para 2025

Última atualização em 17 de abril de 2024

Dalben no Plenário da Câmara de Vereadores de Cosmorama, uma das cidades paulistas que recebeu pela primeira vez audiência pública sobre o Orçamento Estadual Crédito: Alesp

Desde 14 de março, a Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) está percorrendo vários municípios paulistas com audiências públicas sobre o  Orçamento do Estado para 2025. Nesta terça-feira (16), por exemplo, a audiência aconteceu na Câmara Municipal de Cosmorama, na região de São José do Rio Preto, sob a presidência do deputado estadual e membro da Comissão da Alesp Dirceu Dalben (Cidadania).

Previstas para ocorrerem até 29 de maio, em diversas regiões de São Paulo, as audiências servem para o público presente conhecer mais sobre o processo de elaboração do orçamento estadual, indicar onde considera mais adequado investir os recursos estaduais e identificar as prioridades em cada localidade, sejam elas relacionadas à saúde, educação, segurança, obras de infraestrutura, transporte ou outras áreas. Nesta sexta-feira (19), às 19h, a reunião será no Plenário da Câmara Municipal de Paulínia (CMP).

“Esta é uma grande oportunidade para os cidadãos e os gestores municipais expressarem suas preocupações, sugestões e visões sobre o orçamento estadual, participando efetivamente da criação de políticas públicas e dos investimentos do governo. É uma importante ferramenta de gestão compartilhada, por isso, moradores, prefeitos, vereadores, lideranças comunitárias, todos estão convidados a participar”, ressaltou Dalben, e concluiu: “Agradeço ao presidente da Câmara e aos vereadores por disponibilizarem o espaço para este evento tão significativo”.

De acordo com a Alesp, as sugestões apresentadas nas audiências públicas poderão se tornar emendas parlamentares e, se forem aprovadas pelo plenário da Casa, terão contribuído para melhor distribuir os recursos do Orçamento do Estado e para melhorar a qualidade de vida em cada região. “Para aqueles que não puderem comparecer pessoalmente, ainda haverá a opção de enviar suas contribuições online”,  explicou a Assembleia – CLIQUE AQUI para enviar sugestões.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima