Correio Paulinense

Paulínia, 19 de maio de 2024
Artigo de Domingo: Uma cidade como Paulínia não pode ser governada na base do “AH “MOLEQUE!”

Última atualização em 10 de novembro de 2013

[imagem] Quando o “MOLEQUE PAU MANDADO” cortou as subvenções do Caco e AIJ o queixo da cidade caiu. Segundo ele, não era mais viável a Prefeitura continuar mandando dinheiro para as entidades, já que poderia desenvolver todos os projetos do Caco e AIJ por conta própria – recursos e mão de obra.  “Ninguém ficará sem assistência”, garantiu o MOLEQUE.  

Mas nem sempre a PALAVRA DE UM MOLEQUE É SINÔNIMO DE GARANTIA. Depende do moleque!  O MOLEQUE tem que ser sangue bom e saber o que está fazendo. Não é o caso deste MOLEQUE, “TITULAR DE FACHADA”, que está no governo. Ele não manda bulhufas nenhuma – é só obrigado a assinar. Assinar, sobretudo,  contra todos que ousaram desafiar o sobrenome Moura. Como os “santos” pagam pelos “pecadores”, nem a tia do MOLEQUE, prestes a aposentar-se, foi poupada. AH MOLEQUE!
Se não era mais viável para a Prefeitura continuar bancando, por exemplo, uma entidade como o Caco, com 37 anos de história e que sustentou por vários anos membros da família Moura, o que justifica um COMUNICADO DO PREFEITO CHAMANDO NOVAS ENTIDADES ASSISTENCIAIS PARA APRESENTAREM PROJETOS E RECEBEREM SUBVENÇÕES?
Ora, se ao fechar o Caco e AIJ, Moura Junior (PMDB) disse que não precisava destas entidades para nada, pois poderia atender todo mundo, tranquilamente, com funcionários da prefeitura, por que esse comunicado? SERÁ QUE FECHAR O CACO E A AIJ TERIA SIDO MESMO UMA VINGANÇA POLÍTICA? 
Moura Junior (PMDB) ainda não divulgou a lista das entidades que devem receber dinheiro público, a partir de 2014, mas todas as atenções devem se voltar para a Vila Lumiéri, de Camila Santos Siqueira, Assessora Especial do “MOLEQUE”. A Lumiéri  foi a empresa, que segundo a Pró-Shopping, ex-administradora do Paulínia Shopping, arrendou o restaurante do complexo de compras nunca serviu um “PF” e depois virou uma Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). 
Como a cidade está sendo governada na base do “AH MOLEQUE!” todo cuidado é pouco, pois não podemos permitir que entidades formadas exclusivamente para servir de ralo do dinheiro público sejam empurradas de goela abaixo da população. Se Moura Junior (PMDB) disse que a Prefeitura pode absolver e desenvolver tudo do Caco e AJI então A CÂMARA MUNICIPAL DE PAULÍNIA QUE FAÇA ELE CUMPRIR. 
Fotos: Lucas Rodrigues CP/Imagem

<imagem1>9a4a4d1e8ea85810a24c4cfc86683d86.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima