Correio Paulinense

Paulínia, 22 de maio de 2024
Após 45 dias na UTI da Unicamp, morreu no início da tarde de ontem (14) o menino Luan, de 10 anos, que sofria de fibrose cística

Última atualização em 15 de outubro de 2015

[imagem] O corpo do garoto foi velado e sepultado na tarde de hoje (15): familiares e amigos prestaram as últimas homenagens ao pequeno grande guerreiro

Luan Santos da Silva foi vencido pela fibrose cística, uma doença genética comum, que afeta todo o organismo, causando deficiências progressivas e,  frequentemente, levando à morte prematura. Segundo a mãe do garoto, Glauciene Silva, ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Unicamp, havia 45 dias, onde morreu no início da noite de ontem (14). “Ele era a minha fortaleza”, disse ela muito emocionada, durante o velório do filho, que completaria 11 anos, dia 8 de dezembro.
Em julho do ano passado, Luan protagonizou uma matéria do Correio Paulinense Online sobre a falta de dieta enteral no município, para pacientes em estado vegetativo ou necessitados da alimentação especial, que era o caso dele. “Ele foi um grande guerreiro, lutando até o fim para viver, mas Deus achou melhor levá-lo. Agora é pedir para Deus amenizar o sofrimento de seus pais e guardar a imagem do menino que, mesmo com todos os problemas, vivia com um sorriso no rosto”, declarou um amigo da família.
Luan foi velado no Velório Municipal e sepultado no Cemitério Parque das Palmeiras. Dezenas de pessoas foram render as últimas homenagens a ele e levar conforto aos pais, Francisco e Glauciene Silva. “Que ele descanse em paz”!
Foto: Álbum de Família

<imagem1>ffb9d531cb3617a63cb60cfb738cedb2.jpg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima