Correio Paulinense

Paulínia, 20 de maio de 2024
Antes da bola rolar, Wanderley Paiva e outros ex-jogadores são homenageados na cerimônia de apresentação do PIE e PIF, na Câmara Municipal de Paulínia

Última atualização em 6 de junho de 2014

[imagem] Por Lucas Rodrigues 

O Projeto de Iniciação ao Futebol (PIF) e o Projeto de Iniciação ao Esporte (PIE) foi apresentado na noite de quarta-feira (4), na Câmara Municipal de Paulínia. Os projetos contam com mais de 2.500 vagas preenchidas por crianças e adolescentes, de 5 a 17 anos, e visa principalmente formar cidadãos, através do futebol, futsal, vôlei, basquete, handebol, natação, basquete, handebol, natação, ginástica olímpica, tênis de mesa e tênis de campo. 
O secretário de Esportes, Marcos Bortoloti, falou com a coluna Puro Esporte sobre o significado do esporte na vida da população. “Na sociedade existem três pilares fundamentais para a vida de todos: saúde, educação e esporte. Além de incrível, o esporte se torna a base, pois educa e proporciona uma vida mais saudável para quem o pratica”, disse o gestor. “O nosso maior foco, desde quando assumimos a Secretaria, é a formação de crianças e adolescentes, cuidando para que tenham um bom futuro e se tornem cidadãos, exemplos para todos”, complementou. 
Na cerimônia de apresentação foram homenageados os ex-jogadores Carlos Eduardo Soares, mais conhecido como Ataliba, o goleiro Alexandre Fávaro, o atacante Fernando Donizete, o zagueiro Thiago Vieira e o também atacante Clodoaldo Paulino de Lima, que joga atualmente na Colômbia, mas representado pela mãe Maria Aparecida Lima e pela irmã Karina. Todos receberam uma placa pelos feitos no esporte. Os jogadores Ataliba e Thiago são ex-jogadores do Paulínia Futebol Clube. 
O ponto alto das homenagens ficou para o embaixador e professor do PIF, Wanderley Paiva, que tem uma bela história no mundo da bola. Paiva foi campeão Brasileiro em 1971, jogando pelo Atlético Mineiro, na primeira edição do torneio. O ex-atleta também jogou na polêmica derrota da Ponte Preta para o Corinthians, no Campeonato Paulista de 1977, atuando pela Macaca. “Mais importante do que ser bom jogador de futebol é ser um homem de caráter”, disse Wanderley e ressaltou: “É uma honra ser homenageado por pessoas tão especiais. Estou passando a minha experiência aos mais jovens e mostrando que a base de tudo são valores familiares, honestidade e integridade”. Além das homenagens preparadas pela SER, o ex-jogador também recebeu uma camisa atual com o nº 5 e seu nome, com autógrafos de vários jogadores do elenco pontepretano.
O evento foi realizado graças ao empenho de todos os profissionais da Secretaria de Esportes e Recreação, em especial ao empenho do diretor Flávio Rodrigo da Silva e do professor Aylton Quirino de Oliveira, o popular Maguila. 
Copa do Mundo PIF
Depois das homenagens, a bola rolou ontem (5), no campo de futebol do Ginásio Municipal “Agostinho Fávaro”, entre os garotos que estão disputando o titulo de Campeão do Mundo, em Paulínia.
O clima de Copa favoreceu grandes disputas dentro de campo. Cada lance se torna único para a garotada que treina nos tradicionais “João Aranha”, “Vedovello”, “Itapoan” e São José” e estão em peso buscando a taça da Copa PIF. O retângulo verde foi dividido em três partes: para as categorias Básico (nascidos entre 2001 e 2004), Iniciante (2005 e 2007) e Avançado (a partir de 1997). A Secretaria de Esportes e Recreação disponibiliza ônibus para transportar os atletas de seus locais de treino até os campos onde a Copa está sendo disputada, além de oferecer lanches após os confrontos.  
O torneio Copa do Mundo PIF é disputado em fase de grupos com quatro times, cada um representando uma Praça Esportiva. Todos avançam para a semifinal, mas o primeiro colocado enfrentará o último e o terceiro duelará contra o segundo. Cada partida é realizada em um local diferente. Ontem (5) aconteceu no “João Aranha” e hoje (6) no campo do “Vedovello”. 
Felipe Tonon, Maguila, Wanderley Paiva, Toninho, Rodrigo Quirino, Nátaly Moniê, Branco, Fernando Honório e Robson Amorim, são os profissionais que trabalham com muita competência para a realização do torneio.  A coluna Puro Esporte conversou com dois alunos do PIF, que participaram da rodada de ontem no “Agostinho Fávaro”. Perguntamos o que estão achando do campeonato e qual é o sonho deles no mundo da redonda.

“Estou achando legal e o campeonato é muito bom para nós. Este é o primeiro torneio que disputo pelo PIF, mas na antiga escolinha eu cheguei à ser artilheiro”,
respondeu Lucas Albieri dos Santos, 10 anos.  “Os professores são bons e ensinam muita coisa à gente. Meu maior sonho é ser profissional em um time do Brasil e depois jogar no Real Madrid”, mandou Edson Silvino Gomes, 11 anos, que também elogiou o campeonato.
Serviço
Inscrições para o PIF ou PIE podem ser feitas pelo telefone (19) 3874-5752. 
Colaborou com esta matéria o jornalista Marcelo José do Canto
Fotos: Lucas Rodrigues/CP Imagem

<imagem1>18dc3f46cda0bfd7aef94adc70cbbcce.jpeg</imagem1>

<imagem2></imagem2>

<imagem3></imagem3>

<imagem4></imagem4>

<imagem5></imagem5>

<video1></video1>

 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Rolar para cima