Covid-19: Câmara impõe medidas para convenções partidárias

Da Redação
02/09/2020 16:09:56
Covid-19: Câmara impõe medidas para convenções partidárias

Dos 238 assentos, apenas 82 poderão ser ocupados

Por determinação do presidente Loira (DC), a capacidade do Plenário foi reduzida para 40% e não será permitido entrar ou circular sem máscara de proteção

As convenções partidárias que serão realizadas na Câmara Municipal de Paulínia (CMP) deverão respeitar uma série de medidas para evitar a propagação do novo coronavírus. Determinadas pelo presidente da Casa, vereador Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), uma delas limita a 82 o número de assentos do Plenário Legislativo que poderão ser ocupados, durante as convenções – a capacidade normal do local é de 238 lugares



No espaço onde normalmente ficam as mesas dos vereadores a CMP poderá colocar até 40 cadeiras extras, com distância de 1,5 metro entre elas, caso os partidos solicitem. Na parte mais alta do Plenário, onde fica a Mesa Diretora do Legislativo, poderão permanecer no máximo até seis pessoas, também respeitando o distanciamento de 1,5 metro. “Caso haja mais oradores, é obrigatório adotar revezamento”, diz o Termo de Responsabilidade assinado pelas legendas. 

Não será permitida a entrada ou a circulação de pessoas na CMP sem máscara de proteção. Displays com álcool em gel serão disponibilizados ao público. Os partidos deverão escalar um membro ou mais para controlar a entrada de pessoas no Plenário do Prédio “Ulisses Guimarães”, até o limite de lugares preestabelecido. Servidores da CMP fiscalizarão o cumprimento das regras. Até o momento, REPUBLICANOS, MDB, PSD, PTB, DEM e DC realizarão suas convenções no Plenário da CMP.

Foto: Divulgação/CMP

Comentar