Veja também sobre o Tênis de Campo e a segunda fase do futebol, que começa amanhã (3), a partir das 19h00, no “Luiz...

Da Redação
02/06/2014 21:01:00
Veja também sobre o Tênis de Campo e a segunda fase do futebol, que começa amanhã (3), a partir das 19h00, no “Luiz Perissinotto”

[imagem] Por Lucas Rodrigues


Três jogos movimentaram a 6ª rodada do futsal, nos “Jogos dos Trabalhadores, sexta-feira (27), no Ginásio Municipal “Itália Calegari”. Prefeitura, Hydrocom e Projlab conseguiram sair de quadra com excelentes resultados e mais uma vez o “seis” tomou conta do placar. 
 
A grande partida da noite foi o duelo entre Prefeitura, comandado pelo técnico Porquinho, e C1 Sign. O jogo começou tranquilo, com a Prefeitura trabalhando bem a bola e colocando o adversário na roda durante metade da primeira etapa. O entrosamento entre Fernando Capelloti e Flávio Rodrigo resultou em um belo gol, o segundo da equipe no jogo. A jogada foi assim: Capelloti levou a redonda para o lado esquerdo da quadra, fintou o marcador e lançou para Flávio, que dominou no peito, puxou a bola para esquerda, confundindo a defesa e de frente para o goleiro só teve o trabalho de mandar uma indefensável bomba de esquerda. 

O primeiro tempo terminou com a vitória da Prefeitura, em 4 a 0: o 12 Júlio Cesar marcou dois, 6 Flávio Rodrigo e o 9 Josenilson Reis, um cada. Ao apito final Capelloti falou com a coluna Puro Esporte sobre o entrosamento com Flávio Rodrigo e o favoritismo da equipe no torneio. “O gol foi uma pintura e jogamos juntos há muito tempo. O objetivo do time é unir o pessoal e jogar com alegria”, disse Fernando e complementou “Eu acredito que não somos os favoritos ao título do campeonato, pois não vi todas as equipes jogarem, por isso acho que deve ter times mais fortes”. 

O camisa 9 Lee do C1Sign comentou sobre a atuação do time na primeira etapa e o que mudar no tempo final. “Erramos na marcação e o time da Prefeitura sabe envolver. Para tentarmos mudar a situação no segundo tempo, vamos marcar meia quadra e procurar fazer os gols”, disse ele. 

Marcar meia quadra não ajudou muito, pois o trem bala Prefeitura embalou e surgiu uma chuva de gols. O 15 Alexandro Eduardo fez três, o 12 Júlio Cesar carimbou mais dois e o 9 Josenilson marcou o seu único no gol no jogo.  O C1Sign descontou com o 23 Vinicius Silva e o 10 João Carneiro. Placar final: 10 a 2.  

Nos outros dois jogos da noite, o  Hydrocom ganhou do Cqacom, por 6 a 3 e o Kraton tomou 6 a 0 do Projlab. A Prefeitura se classificou para a próxima fase e lidera o grupo B com 9 pontos e o Hydrocom avançou em segundo, com 6.

Confira os resultados da campanha da Prefeitura nos “Trabalhadores”: 
21 de maio – quarta-feira: Prefeitura 6 x 4 Cqa Com 
26 de maio – segunda-feira: Prefeitura 6 x 1 Hydrocom

O Projlab ao vencer o Kraton avançou para a próxima fase, líder do grupo H, que tem apenas três equipes. Em segundo o Contatus com 1 ponto e saldo de – 2 .

Vejam os resultados do grupo: 
Contatus 2 x 2 Kraton
Projlab 5 x 3 Contatus 
Kraton 0 x 6 Projlab.   

Tênis de Campo 

A rodada de estreia do Tênis de Campo iniciou neste domingo na Praça de Esportes do Itapoã, com três WO, ou seja não houve jogos. Os Jogadores Paulo Mostasso e Nelson Rossi compareceram representando o Kraton, enquanto o Bruno Arakawa e o Fabio Melo iriam jogar pelo Hydrocom, contra a Heringer e o Bray Controls, respectivamente. O WO vale dois pontos. 

No jogo das 10hs entre Centro de Pesquisa e Galvani, nenhum jogador de ambas as equipes compareceu. A organização está pensando se continuará com a modalidade no torneio. 

 No artigo 15 do Regulamento Geral dos Jogos dos Trabalhadores consta o seguinte: Em caso de W.O., independente das sanções previstas neste regulamento, deverá a empresa arcar com as despesas de taxa de arbitragem. O pagamento da taxa de W.O deverá ser efetuado na data subsequente ao ocorrido, junto à Secretaria de Esportes e Recreação, sendo a taxa revertida para o pagamento da arbitragem, na qual será fornecido recibo pela entidade prestadora de serviço de arbitragem. O não cumprimento deste artigo e a falta de qualquer justificativa da ausência acarretará na suspensão de participação da empresa na modalidade em questão no ano subseqüente.

Ainda em relação aos W.Os o Regulamento Geral diz: § 1º - Este artigo não se aplica aos W.Os ocorridos pelas ausências das equipes nas fases semi-finais e finais ou nas disputas no sistema de eliminatória simples de qualquer modalidade disputada. No caso de W.O ocorrido nestas fases, as equipes ausentes serão sumariamente eliminadas da modalidade deixando de marcar pontos na disputa em questão e serão punidas com a suspensão de 1 (um) ano da disputa da modalidade ausente.

Futebol de Campo 

O futebol de campo chegou ao final da primeira fase na quinta-feira (29) com o Ultragaz perdendo da Prefeitura por 4 a 2  e pelo mesmo placar o Braslab venceu o TKK. 

O início da segunda fase será amanhã às 19h00, no Estádio Municipal “Luiz Perissinotto”, com o duelo entre o primeiro colocado do Grupo A, Galvani enfrentando o segundo do D, Calegaris. Na segunda partida às 20h30, Egsa líder do grupo B duelará contra o Passaredo, vice-líder do C. 

Na quinta-feira (5) haverá mais dois confrontos pela segunda fase. ÀS 19h00, o Braslab que terminou na ponta do Grupo C enfrentará o Prefeitura, segundo colocado do B e no último jogo o Heringer líder do Grupo D terá como adversário o Cavalinho que terminou na segunda colocação do A. 

Foto: Lucas Rodrigues/CP Imagem

Comentar