Presidente da CEI da Saúde não comenta “caso Luan”, mas promete divulgar, na próxima semana, os trabalhos da...

Da Redação
26/04/2014 02:04:00
Presidente da CEI da Saúde não comenta “caso Luan”, mas promete divulgar, na próxima semana, os trabalhos da comissão

[imagem] Com os problemas da Saúde Pública de Paulínia se agravando a cada dia, enviamos um e-mail ao vereador Tiguila Paes (PRTB), presidente da Comissão Especial de Inquérito (CEI) instaurada para investigar, entre outras coisas, a falta de medicamentos e materiais básicos na rede para atender a população. A situação nas Unidades Básicas de Saúde e no Hospital Municipal de Paulínia é cada vez mais precária. 


Na última quarta-feira (23) denunciamos com exclusividade o caso do menino Luan Santos da Silva, de 9 anos, portador de fibrose cística, uma doença que provoca o acúmulo de secreção no pulmão e nos pâncreas. Luan tem um cateter no umbigo, que precisa ser operado por uma agulha especial. O menino também é tratado com o antibiótico Azitromicina. Tanto a agulha como o medicamento estavam em falta no HMP, onde Luan está internado desde terça-feira (22). Dois dias após a reportagem do Correio Paulinense Online a direção do hospital providenciou o medicamento e a agulha. 

No e-mail encaminhado ao vereador Tiguila Paes (PRTB), usamos o caso do menino Luan para justificar o nosso pedido de informações sobre o que a CEI da Saúde conseguiu apurar, até agora, sobre a falta de remédios e materiais básicos para os profissionais da rede atenderem a população. O presidente da CEI não respondeu o nosso questionamentos. Através da Assessoria de Imprensa da Câmara, disse apenas que “na próxima semana estará encaminhando nota relatando os trabalhos realizados pela CEI até o momento”.

Fotos: CP Imagem

Comentar