Paulínia recebe mais de mil doses da CoronaVac e abre vacinação

Da Redação
21/01/2021 13:01:27
Paulínia recebe mais de mil doses da CoronaVac e abre vacinação

Eliete atuou na linha de frente contra a Covid-19

Eliete Maria Greco, de 72 anos, técnica de enfermagem com 25 anos de trabalho na UTI do HMP, foi a primeira pessoa vacinada na cidade

Na manhã desta quinta-feira (21), a Secretaria de Saúde de Paulínia (SMS) abriu a vacinação contra a Covid-19 na cidade, após receber do Governo do Estado, no início da madrugada de hoje, 1.120 doses da  CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac e aprovada pela Anvisa, em caráter emergencial, no último domingo (17). 

Eliete Maria Greco, de 72 anos, foi a primeira paulinense vacinada contra a doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com a assessoria de imprensa do prefeito Du Cazellato (PL), que participou da abertura da campanha municipal de imunização, Eliete é técnica de enfermagem, trabalha no Hospital Municipal de Paulínia (HMP) há 34 anos, sendo 25 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Atuou por meses na linha de frente, não aceitando se afastar por diversas vezes, até ser convencida pelos companheiros. Antes, cuidou de vários pacientes com Covid-19”, afirmou a assessoria.

Cazellato comentou a primeira vacinada e agradeceu aos profissionais de saúde na linha de frente do combate à pandemia da Covid-19. “Agradeço em nome da técnica de enfermagem, Eliete, que há 34 anos trabalha no Hospital Municipal, toda dedicação que os profissionais de saúde têm com a nossa população”, disse ele, por meio da assessoria.

Farmacêutico do HMP e membro do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Orly Alves também acompanhou o início da vacinação na cidade. Por motivos de segurança, a Prefeitura Municipal de Paulínia (PMP) não divulgou o local onde as doses da CoronaVac estão armazenadas. 

Em nota à imprensa, a PMP informou como será a primeira fase da campanha na cidade. Leia abaixo!

“A Secretaria Municipal de Saúde definiu que os primeiros a serem vacinados serão os servidores que atuam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19, na Enfermaria Respiratória e na Unidade Respiratória do Hospital Municipal de Paulínia (HMP). 

Na sequência profissionais da rede municipal e privada, serão imunizados. Isso ocorrerá de forma gradativa conforme a cidade for recebendo novas doses. 

Os critérios para imunização foram definidos pelo Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Imunização, que prevê a vacinação primeiro dos profissionais de saúde e na segunda etapa dos idosos”.

Foto: Divulgação/PMP

Comentar