Paulínia amplia medidas de flexibilização da quarentena

Da Redação
06/06/2020 20:06:20
Paulínia amplia medidas de flexibilização da quarentena

Decreto de Cazellato prevê que medidas podem ser revistas

A partir de segunda-feira (8), comércios, escritórios e serviços podem funcionar quatro horas por dia; Prefeitura reabre das 8h às 17h

Com o município enquadrado na segunda faselaranja – do Plano São Paulo para reabertura gradual da economia no Estado, o prefeito de Paulínia, Du Cazellato (PL), baixou, neste sábado (6), mais um decreto (CLIQUE AQUI e leia íntegra do Decreto) que amplia a flexibilização da quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus. 

A partir de segunda-feira (8), escritórios em geral, imobiliárias, comércios e serviços podem funcionar quatro horas por dia, das 12h às 16h, e com apenas 20% de sua capacidade. De acordo com a Prefeitura Municipal de Paulínia (PMP), “o funcionamento das atividades citadas, estão condicionadas” à obtenção da "Declaração de Estabelecimento Responsável", na qual o representante legal do comércio ou serviço se compromete a agir com responsabilidade social no controle da pandemia, adotando todas as medidas preventivas para proteger funcionários e clientes.

Os comerciantes terão cinco dias, também a partir de segunda-feira, para obterem o documento no site da PMP e afixá-lo em algum lugar visível do estabelecimento.

“A liberação das demais atividades ocorrerá em outra etapa da flexibilização. O uso de máscaras segue sendo obrigatório em toda cidade e aglomerações continuam proibidas”, explicou a PMP, e concluiu: “Todas as medidas, serão constantemente analisadas pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus, com possibilidade de reversão em caso de dados adversos”.

A PMP também retoma seu horário normal de funcionamento, ou seja, das 8h às 17h, entretanto, seguindo protocolos de segurança sanitária e restrição quanto à aglomeração de pessoas.  

Foto: Aquivo/Correio Imagem

Comentar