Colegiado Político: Edilsinho, Danilo e Valadão “decidem” com Cazellato; Vice quer audiência com Machado; Camargo vai ou não para a...

Da Redação
14/10/2019 14:10:34
Colegiado Político: Edilsinho, Danilo e Valadão “decidem” com Cazellato; Vice quer audiência com Machado; Camargo vai ou não para a Segurança?

Possível encontro entre vice-prefeito e deputado estadual está causando muita curiosidade

Boooooooooooooooooooooa taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaarde, meus amooooooooooooooores.   O tucano Du Cazellato trouxe de volta, até o momento, seis secretários que estiveram com ele na gestão interina, entre novembro de 2018 e janeiro de 2019: Meire Muller (Educação), Marcello de Mello (Obras), José de Freitas Guimarães (Recursos Humanos), Leonardo Ballone (Chefia de Gabinete), Leonardo Viu Torres (Meio Ambiente) e Lúcia Helena Lima Giunco (Administração).  Já a amada Rita Coelho, ex-chefe de Gabinete da Secretaria de Assistência Social, voltou como titular da pasta 

As novidades no primeiro lote de secretários nomeados são Fábio Luiz Alves (Saúde), Marco Antonio Pires Ward (Planejamento e Desenvolvimento Urbano), Guilherme Mello Graça (Negócios Jurídicos) e Renato Breda (Turismo e Eventos). Considerado especialista em gestão de saúde pública, Alves foi secretário da pasta em Santa Bárbara D’Oeste e Itatiba. Ward foi gerente da Sabesp de Paulínia. Do Rio de Janeiro para Paulínia City, Mello Graça foi aprovado no concurso para Procurador em 2016, e assumiu o cargo em 2017  –  é o único interino, entre os onze anunciados. Breda é empresário e foi diretor de Cultura, no governo de Edson Moura Junior (MDB). 

Além de secretários, Cazellato já nomeou 6 assessores especiais e 4 chefes de gabinete de secretaria (Finanças, Obras, Jurídico e Administração), conforme portarias publicadas na edição de quinta-feira (10) do Semanário Oficial. O tucano promete completar seu secretariado nesta semana. Aliás, falando nisso, da eleição (1º de setembro) à posse (4 de outubro), Cazellato teve pouco mais de um mês para definir os 21 secretários, por isso, esperava-se a lista completa na coletiva de terça-feira (8). 

Notícias de bastidores apontam que a Secretaria de Esportes, ainda sem titular, teria sido prometida para o atual presidente do Clube Paulinense, Alexandre Fávaro, entusiasmadíssimo com a possibilidade. Maaaaaaaaaaaaaaas, Ede Carlos de Jesus, o amaaaaaaaaaaaaaaaado Edinho, servidor público de carreira e que comandou a pasta na gestão interina de Cazellato, está no páreo, e, segundo informações, favoritíssimo.  Qual braço será erguido?

Segundo apurei, o novo prefeito da city não está decidindo nada sozinho, inclusive as nomeações. Tudo é “discutido, aprovado ou rejeitado” por uma espécie de “colegiado político” formado pelos vereadores Edilsinho Rodrigues (PSDB), Fábio Valadão (PRTB) e Danilo Barros (PL), além do Chefe de Gabinete, Leonardo Ballone.  Nada escapa do crivo deles. De acordo com minha gaivota, o tal “colegiado” saiu da boca do “jabutizeiro” Valadão.

Ainda sobre secretariado, por que Cazellato não escala logo Sargento Camargo para comandar a pasta de Segurança?  Em minha opinião, ele deveria ter sido o primeiro secretário anunciado. Com quase 30 anos de Polícia Militar, o vice-prefeito, que parece não ter vocação para “vaso decorativo”, tem muito a contribuir com a segurança municipal, afinal, poucos conhecem os problemas da área como ele. Será que o “comitê político” não aprova?

E, falando no amaaaaaaaaaaaaaado vice-prefeito, ele está tentando uma agenda com o deputado estadual Campos Machado, líder maior do PTB no Estado. Segundo minha fonte, Camargo não adiantou a pauta que pretende discutir com o deputado. Como Machado tem trânsito livre e privilegiado nas cúpulas das Policias Civil e Militar de São Paulo, talvez, o tema da reunião seja a Segurança Municipal.  

Agora, se o assunto for o PTB de Paulínia, aííííííííííííííííííí, o cearense Bonavita, presidente da legenda na city, amigo e companheiro político de Machado há pelos menos 30 anos,  certamente será chamado pelo deputado para decidir, seja lá o que for. Seguirei de butuca.   

Nomeações na Câmara. As amadaaaaaaaaaaaaaaaaadas Elen Bortoloti e Geise Vilela assumiram a assessoria jurídica da presidência e a direção geral adjunta da Câmara, respectivamente. O ex-vereador Luciano Ramalho (Progressistas) é o novo Chefe de Gabinete da presidência, e, o ex-secretário de Educação, Wislaldo Souza, foi nomeado assessor legislativo, lotado no gabinete do vereador Tiguila Paes (Cidadania).

Amanhã (15) acontece a primeira sessão legislativa sob a presidência do vereador e ex-prefeito interino Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC). Em votação, nomes de ruas, denominação do barracão da prefeitura, um título de Cidadão Paulinense, requerimentos e moções dos vereadores. A leitura do resumo das Indicações, antes da Palavra Livre dos parlamentares, foi extinta pelo Projeto de Resolução 02/2019, de autoria do  “jabutizeiro” Fábio Valadão (PRTB), aprovado na sessão passada. 

Meus amooooooooooooooooores, uma semana ABENÇOAAAAAAAAAAAAAADA e PROTEGIDA POR DEUS para todos nós. Muuuuuuuuuuuuuuitos beeeeeeeeeeeeeeeeijos e abraaaaaaaaaaaaaços. Au revoir!

Fotos: Reprodução/Internet

Comentar