Loira quer recuperar áreas públicas doadas nas gestões Moura e Pavan

Da Redação
28/05/2019 15:05:15
Loira quer recuperar áreas públicas doadas nas gestões Moura e Pavan

Área na região da Avenida Paris, onde deveria funcionar uma empresa de transportes de combustíveis, está abandonada

No total, os ex-prefeitos abriram mão de quase 38 mil metros quadrados pertencentes ao município; Projetos revogando as doações já estão na Câmara

Os projetos de lei 19, 20 e 24, de autoria do prefeito interino de Paulínia, Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), que tramitam na Câmara Municipal, pretendem recuperar para o município um total de 37.815,92 mil metros quadrados de áreas públicas, doadas para duas empresas privadas e uma entidade esportiva, durante os governos dos ex-prefeitos Edson Moura (MDB) e José Pavan Junior (PSDB).

Nos três terrenos pertencentes ao município deveriam ter sido construídas a sede social da Liga Paulinense de Futebol, na região central da cidade, a empresa Fênix Transportes de Combustíveis e Derivados de Petróleo, na região do João Aranha, e a empresa CLS Tecnologia Analítica de Sistemas de Gestão, em Betel

Beneficiada em dezembro de 1992, a Liga Paulinense de Futebol deveria ter iniciado as obras de sua sede em até um ano depois. As doações à Fênix Transportes e à CLS Tecnologia ocorreram em 2002 e 2011, respectivamente. As empresas tinham prazo de dois anos, prorrogável uma única vez por 180 dias, para se instalarem no município.

De acordo com os projetos de revogação das leis que autorizaram a doação dos terrenos, nada foi construído nesses locais, após tantos anos. No caso da Fênix Transportes, o Executivo alega que a área de 35.478,19 mil metros quadrados, onde a empresa deveria estar funcionando,  encontra-se abandonada. Não conseguimos contato com as três beneficiárias, nem com os ex-prefeitos citados nesta matéria. 

Foto: Google Maps/Reprodução

Comentar