Comissão Permanente da Câmara defenderá direitos da pessoa com deficiência

Da Redação
10/04/2019 13:04:13
Comissão Permanente da Câmara defenderá direitos da pessoa com deficiência

Vereadora Fábia Ramalho (PMN)

A vereadora Fábia Ramalho (PMN) foi designada para presidir o primeiro biênio da Comissão; vice-presidente e secretário ainda serão escolhidos

Nesta terça-feira (9), foi aprovada a sexta Comissão Permanente da Câmara Municipal de Paulínia, proposta pela vereadora Fábia Ramalho (PMN), por meio do Projeto de Resolução 01/2019. A nova comissão defenderá os direitos da pessoa com deficiência, de acordo com a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, sancionada pela ex-presidente Dilma Rousseff.

De acordo com a vereadora, no contexto atual, a exclusão de PcD’s ainda é muito significativa, e muitos direitos ainda não são alcançados. “A proposta é acompanhar mais adequadamente as ações de defesa dos direitos deste público, bem como fiscalizar o cumprimento da legislação pertinente, para assegurar a inclusão e os direitos dessas pessoas no âmbito da sociedade, do Estado e do Poder Público”, justificou a parlamentar.

Militante da causa, Fábia Ramalho aponta acessibilidade e inclusão social como principais bandeiras de seu primeiro mandato no Legislativo Municipal. Ela é formada em serviço social e pós-graduada em Libras e Educação de Surdos. Além de abrir mão da vaga a que tinha direito na Comissão dos PcD’s,  a bancada do PSDB ainda indicou a vereadora para presidente. “Considero importante a participação dela na Comissão, e que seja a presidente neste primeiro biênio para fazer o trabalho que ela propôs”, disse o tucano Edilson Rodrigues Junior, o Edilsinho.

O presidente em exercício da Câmara, José Carlos Coco da Silva, o Zé Coco (PV), colocou a sugestão de Rodrigues (PSDB) em votação e a vereadora foi aprovada, por unanimidade, para a presidir a nova comissão legislativa. Os demais membros, vice-presidente e secretário, ainda serão definidos.

Foto: CMP

Comentar