Novo governo interino oficializa mais seis secretários municipais

Da Redação
26/01/2019 15:01:14
Novo governo interino oficializa mais seis secretários municipais

Saúde, Educação e Emprego: novos secretários têm grandes desafios pela frente

Loira (DC) escalou os novos titulares de Educação, Desenvolvimento Econômico, Saúde, Assistência Social, Turismo e Eventos, e Negócios Jurídicos

Na edição extra do Semanário Oficial de Paulínia, desta sexta-feira (25), constam os decretos de nomeação de seis novos secretários municipais de Paulínia. Após nomear cinco na quinta-feira (24), o prefeito interino Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), escalou Wislaldo Queiroz de Souza para a Educação; Elizaman de Jesus Lopes, o Carioca, Desenvolvimento Econômico (antiga Indústria e Comércio); Luis Carlos Cesarin, Saúde; Marshal de Souza Lucizano, Assistência Social; e Fábio José Martins, Negócios Jurídicos. 

Nilson Bonome, nomeado quinta-feira (24) para a pasta de Governo, responderá, também, por Finanças, até a nomeação do titular definitivo. Ele já havia atuado em Paulínia, durante a gestão do prefeito cassado Dixon Carvalho (Progressistas), como titular da pasta de Administração. Foi nomeado em 31 de outubro de 2017 e pediu exoneração seis meses depois, dia 5 de abril de 2018. 

Dos novos nomeados, três se destacam. Wislaldo, mais conhecido como Lal, dirigiu o programa Bolsa Educação, na última gestão do ex-prefeito José Pavan Junior (PSDB), é considerado profundo conhecedor do funcionamento da pasta e muito respeitado no meio.  

Elizaman (Carioca), que deixou a assessoria do vereador Tiguila Paes (PPS) para assumir a pasta, ficou conhecido como forte liderança na luta por geração de empregos e vai pilotar o “Emprega Paulínia”, programa municipal voltado para a inserção de mão de obra local no mercado de trabalho, temporário e contínuo.

Ex-supervisor de Redes do Ministério da Saúde e mestre em saúde pela Unicamp, o dentista Cesarin promete medidas imediatas e eficazes para diminuir drasticamente um dos mais graves problemas da saúde municipal: a falta de medicamentos e insumos na rede.  A assessoria do prefeito interino disse que Loira (DC) exigiu do novo secretário “melhorias urgentes no setor”, que estava sem titular havia quase três meses e lidera o ranking de reclamações da população. Cesarin pilotou a mesma pasta em Jundiaí e foi secretário adjunto em Hortolândia.

Fotos: Internet/Reprodução

Comentar