Gastos com lixo e limpeza podem ultrapassar os R$ 50 milhões em 2019

Da Redação
06/10/2018 17:10:47
Gastos com lixo e limpeza podem ultrapassar os R$ 50 milhões em 2019

Em comparação a 2018, a despesa deve subir quase R$ 5 milhões ano que vem

Atualmente, os serviços são prestados pelo Consórcio “Paulínia Sempre”, cujo contrato vence dia 6 de novembro; Cidade Nova, Filadelfia e Agreg já receberam quase R$ 34 milhões

Dos mais de R$ 200 milhões previstos para a pasta de Obras e Serviços Públicos de Paulínia em 2019, R$ 50.300.000,00 (cinquenta milhões e trezentos mil reais) devem ser gastos com serviços de coleta de lixo (R$ 31.300.000,00) e limpeza urbana (R$ 19 milhões), de acordo com a proposta orçamentária enviada à Câmara Municipal pelo governo Dixon Carvalho (Progressistas). Um aumento na despesa de quase R$ 5 milhões, em comparação com 2018. 

O atual contrato do lixo e limpeza urbana, estimado em quase R$ 46 milhões, vence no próximo dia 06 de novembro. A administração pode renovar com o Consórcio “Paulínia Sempre Limpa” (Cidade Nova Obras e Serviços, Filadelfia Locação e Construção e Agreg Construção e Soluções Ambientais), ou abrir um novo processo licitatório para contratação dos serviços. 

Dados do Portal da Transparência Municipal mostram que até agora o Consórcio “Paulínia Sempre Limpa” recebeu R$ 33.703.805,40 (trinta e três milhões, setecentos e três mil, oitocentos e cinco reais e quarenta centavos) do contrato vigente, sendo quase R$ 7 milhões somente no mês passado.

O governo Dixon (Progressistas) estima arrecadar R$ 1,7 bilhão no ano que vem. O orçamento que tramita na Câmara e deve ser votado até dezembro já recebeu seis emendas modificativas do então vereador Flávio Xavier (PSDC), que assumiu recentemente a Secretaria Municipal de Governo.

Correção
Após o Correio apontar erros no texto do projeto do orçamento, a administração municipal enviou nova redação para a Câmara. 

Foto: Redes Sociais/Reprodução

Comentar