Dona Julia Campos de Oliveira: 1 século e 2 anos de vida, alegria e história

Da Redação
22/07/2018 19:07:23
Dona Julia Campos de Oliveira: 1 século e 2 anos de vida, alegria e história

Nascida em Bauru (SP), Dona Julia mora em Paulínia há 18 anos

Foram três dias de festa para uma grande mulher, mãe de seis filhos, avó de10, bisavó de17, trisavó de 19, e tetravó da pequena Pietra, de 1 ano e 6 meses

Os números de vida de dona Julia Campos de Oliveira impressionam. Nascida em Bauru (SP), em 1916, ela completou 102 anos de vida na última quarta-feira (18). Foi casada durante 49 anos com João Batista de Oliveira (in memoriam), com quem teve seis filhos: Roseli, Ruth, Roberto, Regina, Renato e Ricardo.

Avó de Cláudio, Ariovaldo, Carlos, Rosemeire, Paulo Roberto, Luiz, Sérgio, Dinaue, João Henrique e Elisabeth, bisavó de Anderson, Ariel, Bruno, Diego, Luiza, Lilian, Lígia, Paulo Roberto Júnior, Fábio, Aline, Amanda, Anaí, Elen, João Paulo, Sergio Júnior, trisavó de Iriê, Alan, Pietro, Paulo Henrique, Ruan, Iago, Iaritsia, João, Lucas, Ana Beatriz, Enzo, Iuri e mai sete, e, tetravó de Pietra, de 1 ano e 6 meses, a primeira da quarta geração da família.
 
Dona Julia nasceu praticamente junto com o primeiro Código Civil Brasileiro, promulgado pelo então presidente do país, Venceslau Brás Pereira Gomes (1914/1918), dia 1º de janeiro de 1916, mas que entrou em vigor somente em 1º de janeiro de 1917, e, é apenas 20 anos mais nova que a sua cidade natal, emancipada em 1º de agosto de 1896.

Moradora de Paulínia há 18 anos, no bairro Cooperlotes, dona Julia já foi feirante, costureira e comerciante, dona de uma lojinha onde vendeu até pipas. A lucidez invejável faz dela uma verdadeira campeã no dominó, batendo o raciocínio de gente muito mais jovem. A festa para comemorar a existência desse exemplo de vida começou quarta-feira (18) e terminou ontem (21) com quase a totalidade da prole em volta da matriarca aniversariante. “Parabéns, Dona Julia. Que Deus lhe mantenha firme, lúcida e feliz ao lado de todas as pessoas que lhe amam”.

Foto: Álbum de Família

Comentar