Com elevador quebrado, paciente vai a pé para centro cirúrgico do HMP

Da Redação
07/12/2017 22:12:29
Com elevador quebrado, paciente vai a pé para centro cirúrgico do HMP

Elevadores do HMP apresentam problemas constantemente

O Correio apurou que, ontem (7), uma gestante ficou presa em em dos elevadores, quando seguia para avaliação no setor de obstetrícia

O Correio apurou que os elevadores de acesso aos centros cirúrgico e obstétrico, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), laboratório e endoscopia do Hospital Municipal de Paulínia (HMP)  têm apresentado problemas constantemente. Segundo fonte do HMP, ouvida por nossa reportagem, ontem (6) uma gestante ficou presa em um dos elevadores, quando seguia para avaliação no setor de obstetrícia, e, hoje (7), um paciente de apendicite foi a pé, pela rampa do estacionamento do HMP, até a sala de cirurgia.

Dos três elevadores que apresentam defeito, apenas um estava funcionando. “Um está quebrado há cerca de seis meses, outro há quarenta dias e, o único que estava funcionando quebrou bem no momento em que o paciente precisava ser levado ao centro cirúrgico. Aí, ele teve que ir a pé. Constrangimento total, uma vergonha”, disse a fonte, que temendo retaliações pediu para não ser identificada nesta matéria. 

Ainda segundo ela, no final da manhã de hoje (7) foi feita uma “gambiarra” em um dos elevadores quebrados. “O rapaz (que colocou o equipamento para funcionar) disse que logo vai quebrar de novo”.  Já no final da tarde, uma empresa especializada esteve olhando os elevadores, mas, segundo informações, só realizará a manutenção mediante garantia do recebimento pelo serviço. 

Não conseguimos contato com a Secretaria Municipal de Saúde, para comentar o assunto. 

Comentar