Cozinheiros denunciam descaso da Prefeitura de Paulínia e, se necessário, vão paralisar por melhores condições de...

Da Redação
27/06/2016 12:26:00
Cozinheiros denunciam descaso da Prefeitura de Paulínia e, se necessário, vão paralisar por melhores condições de trabalho

ADMINISTRAÇÃO Cozinheiros denunciam descaso da Prefeitura de Paulínia e, se necessário, vão paralisar por melhores condições de trabalho

[imagem] Segundo a categoria, mais da metade dos profissionais exercem outras funções ou estão afastados por doença

Em carta aberta à população, cozinheiros e serventes da Prefeitura de Paulínia relatam as dificuldades que enfrentam diariamente para desenvolver suas funções na rede municipal de ensino. Segundo o documento, que circula nas redes sociais, atualmente mais da metade dos cozinheiros públicos estão trabalhando em outras funções na Prefeitura, ou afastados por doença. “Nos últimos anos, houve um aumento considerável no número de alunos nas escolas, porém o número de cozinheiros e dos demais profissionais não acompanhou, ao contrário do que deveria ocorrer, diminuiu drasticamente”, diz a carta.


Os servidores reclamam que onde deveria trabalhar quatro cozinheiros e quatro serventes, no mínimo, trabalham apenas dois cozinheiros e um servente. “O que traz desgastes e doenças ocupacionais para quem está na ativa, reduzindo ainda mais o quadro da categoria”. Além de preparar entre três e cinco refeições diárias, cozinheiros e serventes são responsáveis pela higienização dos alimentos, das cozinhas e pela lavagem manual de pratos, copos, talheres e panelas. “Inclusive, sem os equipamentos de segurança (EPIs) adequados”, afirmam. 

A categoria estuda um ato ou manifesto contra o que considera um descaso da Prefeitura. “Se necessário faremos uma paralisação para que o Poder Público nos apresente soluções pontuais e efetivas para os problemas elencados e para isso pedimos a colaboração de todos na nossa causa”.

Outro lado
Entramos em contato com a Prefeitura de Paulínia, que não se manifestou sobre o assunto, até o presente momento

Câmara
Os problemas que atingem, há muito tempo, cozinheiros e serventes da Prefeitura de Paulínia são temas constantes de proposituras de vereadores, todas cobrando providências da administração municipal. 

Na sessão legislativa de amanhã (28), o Plenário votará um Requerimento do vereador Custódio Campos (PT), pedindo informações ao prefeito José Pavan Junior (PSDB) sobre ações do governo municipal para resolver a situação desses servidores. 

Foto: Ilustração

Comentar