“Em Paulínia, não podemos falar que os problemas acontecem por falta de recursos financeiros. O que falta em nossa cidade...

Da Redação
31/05/2016 17:18:00
“Em Paulínia, não podemos falar que os problemas acontecem por falta de recursos financeiros. O que falta em nossa cidade é boa gestão”, diz presidente do PTC Municipal

POLÍTICA “Em Paulínia, não podemos falar que os problemas acontecem por falta de recursos financeiros. O que falta em nossa cidade é boa gestão”, diz presidente do PTC Municipal

[imagem] Thiago Galvão Capellato, bacharel em Direito, pós-graduado em Gestão Pública, especializado em Direito Público e atuante em Direito Eleitoral,  é o palestrante convidado para o “1º Seminário de Participação Social na Política” do Partido Trabalhista Cristão (PTC) de Paulínia, que acontece nesta quinta-feira, 2 de junho, a partir das 19hs, na Chácara Fla-Fler (Rua Saturnino de Brito, 545), no João Aranha. 

 
Aberto à população, o evento tem como principal objetivo reforçar a importância do envolvimento dos cidadãos na política local. De acordo Élcio Gobatti, presidente do PTC paulinense, que nas eleições 2012 integrou a Coligação “Sorria Paulínia” encabeçada pelo ex-prefeito Edson Moura Junior (PMDB), o país vive um momento de instabilidade, que tem despertado na população o desejo de iniciar um novo momento na política. “A participação social é fundamental para que possamos identificar os problemas de nossa cidade e, assim, fazer de Paulínia um lugar cada vez melhor para se viver”, afirma Élcio.

Ainda segundo o presidente, existem problemas no município que poderiam ser resolvidos com vontade política e boa gestão. “Vivemos em uma cidade com alto nível de desigualdade social. Temos problemas em áreas básicas como a Saúde, por exemplo, que sofre com a falta de infraestrutura. O atendimento ao cidadão é precário. E, em Paulínia, não podemos falar que os problemas acontecem por falta de recursos financeiros. O que falta em nossa cidade é boa gestão”, afirma.

Todos estão convidados, independentemente de partido político ou religião. Queremos ouvir a população. Esse é nosso objetivo. Se você quer ver Paulínia crescer, junte-se a nós para discutir os problemas que afligem a população de nossa cidade”, finaliza Élcio. 

Foto: PTC/Divulgação

Comentar