“Tapa-Buracos” já custou quase R$ 6,7 milhões, mas várias ruas de Paulínia continuam esburacadas: gastos com...

Da Redação
18/05/2016 15:37:00
“Tapa-Buracos” já custou quase R$ 6,7 milhões, mas várias ruas de Paulínia continuam esburacadas: gastos com vias públicas superam os R$ 12 milhões, em pouco mais de 1 ano

[imagem] Segunda (16), nossa reportagem identificou buraqueira em 23 ruas de sete bairros que visitamos 


O problema de buracos nas vias públicas de Paulínia continua entre as principais reclamações da população, que convive há vários anos com o problema. Em junho do ano passado, a Prefeitura de Paulínia anunciou a contratação da empresa Engep – Engenharia e Pavimentação para realizar a Operação “Tapa-Buracos”, que consiste na recomposição da camada do asfalto onde os buracos aparecem, e os trabalhos começaram pelos dois bairros mais afetados: Bom Retiro e São José.    

Em janeiro desse ano foi a vez dos bairros Cascata, Vida Nova, Marieta Dian, João Aranha e, novamente, o São José (I e II) receberem a “Tapa-Buracos”, que também passou por bairros da região central da cidade. Entretanto, menos de um ano depois do início dos trabalhos o problema continua presente em diversas ruas do município, inclusive nos bairros por onde a “Tapa-Buracos” já passou.

Na manhã de segunda-feira (16), a reportagem do Correio Paulinense foi verificar a atual situação das ruas do São José I, Jardim Amélia, João Aranha, Jardim Leonor, Alto de Pinheiros, Morro Alto e Jardim Planalto, já atendidos pela “Tapa-Buracos” da Prefeitura. Nos sete bairros que visitamos, a situação é a mesma: várias ruas esburacadas e muita gente reclamando dos transtornos causados pelo velho problema.

No São José, um dos mais afetados, flagramos vários buracos em pelo menos sete ruas do bairro, no Morro Alto em seis, e em outras dez vias dos demais bairros visitados por nossa equipe. Além de buracos, existem vários bueiros públicos sem tampas nessas localidades.

Gastos
De fevereiro do ano passado a este mês, a Prefeitura de Paulínia investiu R$ 12.830.880,78 (doze milhões, oitocentos e trinta mil, oitocentos e oitenta reais, e setenta e oito centavos) em pavimentação, recapeamento e manutenção de vias públicas, sendo  R$  6.666.806.29 (seis milhões, seiscentos e sessenta e seis mil, oitocentos e seis reais, e vinte e nove centavos), mais da metade do total gasto, somente na Operação “Tapa-Buracos”, conforme descrito nos empenhos efetivamente pagos, levantados pelo Correio no Portal da Transparência do município.  

Do total aplicado na “Tapa-Buracos”, pouco mais da metade, ou seja, R$ 3.408.104,22 (três milhões, quatrocentos e oito mil, cento e quatro reais, e vinte e dois centavos) foram pagos entre janeiro e abril desse ano. Pelo levantamento do Correio, a Engep – Engenharia e Pavimentação ainda tem quase R$ 3 milhões a receber pelos serviços prestados no município. 

Outro lado
Informamos a Prefeitura de Paulínia sobre o que constatamos nas ruas visitadas e solicitamos um posicionamento da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, responsável pela manutenção e conservação das vias públicas municipais. Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura informou que já abriu licitação para contratar uma nova empresa para executar a continuidade da Operação “Tapa-Buracos”, e que a requisição já foi assinada pelo prefeito José Pavan Junior (PSDB). 

“Contudo, a Secretaria de Obras possui equipe própria que vem realizando a manutenção em vias públicas, conforme ordem cronológica das solicitações que chegam na própria Secretaria, seja por via telefônica ou e-mail”, afirmou a assessoria.
 
Para a Prefeitura, a terceirização dos serviços de manutenção das vias públicas municipais agiliza o atendimento das demandas, que são resolvidas em menor tempo, “beneficiando assim a população, principalmente os motoristas.”  Ainda de acordo com a assessoria, estava prevista para esta quarta-feira (18) mais uma Operação “Tapa-Buracos” nas principais ruas do Bom Retiro, mas devido à chuva a manutenção foi cancelada. 

Qualquer pessoa pode informar à Secretaria de Obras e Serviços Públicos buracos na rua ou no bairro onde mora, através do telefone 3874-5656, ou pelo “Fale Conosco” da Prefeitura Municipal de Paulínia na internet. 

Fotos: Correio Imagem

Comentar