Saúde pretende zerar fila de ressonância magnética até julho – são 400 pedidos esperando, segundo a...

Da Redação
23/05/2015 13:24:00
Saúde pretende zerar fila de ressonância magnética até julho – são 400 pedidos esperando, segundo a Prefeitura de Paulínia

[imagem] Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Saúde de Paulínia informou que pretende realizar, até o próximo mês de julho, 400 exames de ressonância magnética, que aguardam na fila há vários meses, segundo a secretaria, por negligência da administração passada. 


Segundo o prefeito José Pavan Junior (PSB), “existia contrato empenhado para a prestação do serviço público de saúde, mas os pedidos não eram atendidos no Hospital Municipal de Paulínia (HMP), um fato totalmente lamentável”. Para ele, que assumiu o cargo no início de fevereiro, é obrigação da administração pública “tratar a vida das pessoas com dignidade”.

“Não se brinca com a saúde de ninguém”, reforçou o secretário da pasta, Ricardo Carajeleascow, lembrando da mesma negligência com os mais de 10 mil exames de ultrassonografia, não atendidos pela administração do prefeito cassado Edson Moura Junior (PMDB).“Estamos, agora, realizando 300 exames por semana até zerar a demanda de milhares de pedidos abandonados pela administração anterior”, disse ele. 

Remédios

Paralelamente, no início de maio, o Centro de Distribuição de Remédios da Secretaria de Saúde recebeu mais de 500 itens da cesta de medicamentos, recompondo o estoque de vários deles. 

Segundo a Secretaria de Saúde, os medicamentos já estão sendo distribuídos nas farmácias do Hospital Municipal de Paulínia (HMP), Centro de Geriatria, Centro de Oncologia, Saúde Mental - infantil e adulto, UBS Betel, UBS Centro, UBS Cooperlotes, UBS Jd. Planalto, UBS Monte Alegre, UBS Parque da Represa, UBS São José e UBS Jardim Amélia. 

“Esta é uma das maiores aquisições da Prefeitura nos últimos anos, em decorrência do desabastecimento herdado pela administração de Pavan”, afirmou a assessoria de imprensa da Prefeitura.

Foto: Ilustração

Comentar