A festa começa dia 13 de fevereiro e a Setur corre contra o tempo para oferecer o mínimo ao folião paulinense

Da Redação
23/01/2015 15:54:00
A festa começa dia 13 de fevereiro e a Setur corre contra o tempo para oferecer o mínimo ao folião paulinense

[imagem] O Correio Paulinense Online apurou a programação que a Secretaria de Turismo e Eventos (Setur) elaborou para a folia paulinense, que começa em 21 dias. Segundo uma fonte, por determinação do prefeito Edson Moura Junior (PMDB) não haverá desfile de escolas de samba. Na grade de atrações apenas desfile de blocos (domingo ou segunda de carnaval), duas matinês no ginásio de esportes do João Aranha, trio-elétrico (de sexta à terça) e DJ’s. 


A novidade este ano é a escolha do Rei, Rainha e Princesas, na sexta-feira (13) de carnaval, lá mesmo no sambódromo. No final do ano passado, a Setur abriu inscrições para a Corte de Momo, mas como apareceram poucos candidatos e candidatas, a secretaria abriu um novo prazo, que vai de 26 a 30 desse mês. “Se tiver mais de dez candidatos à rei e o mesmo à rainha haverá uma pré-seleção no dia 3 de fevereiro, caso contrário não”, explicou a fonte. O concurso da Corte de Momo sempre aconteceu no Pavilhão de Eventos do Parque Brasil 500, mas o local encontra-se totalmente abandonado. 

Carnaval 2014

No ano do cinquentenário de Paulínia, homenageada no sambódromo paulistano pela tradicional Vai-Vai, a folia de Momo na cidade foi marcada por polêmicas. Sem o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) as arquibancadas do sambódromo foram interditadas pela administração Moura Junior (PMDB), que colocou faixas no local, culpando a administração passada pelos problemas no local. Em setembro, o sambódromo foi reaberto ao público, para o Desfile em comemoração à Independência do Brasil. 

Como o Carnaval 2014 foi considerado um fracasso de público e organização, em relação às edições anteriores, Moura Junior (PMDB) prometeu, para este ano, “um carnaval à altura da população paulinense”. Sobre o AVCB do sambódromo, entramos em contato com a Defesa Civil, mas o secretário Paulo Mota encontra-se de férias. Também enviamos e-mail à assessoria de imprensa da prefeitura, mas até a publicação ninguém havia respondido.

Foto: Reprodução/Internet

Comentar