Pazetti: mudanças continuam chegando,mesmo com a Guarda Municipal na portaria do residencial

Da Redação
29/11/2014 19:44:00
Pazetti: mudanças continuam chegando,mesmo com a Guarda Municipal na portaria do residencial

[imagem] Embora a Justiça tenha proibido novas ocupações no Residencial Pazetti, no bairro Saltinho, e determinado a reintegração de posse dos imóveis já ocupados, moradores do residencial afirmam que deste a noite de ontem estão chegando caminhões com mudanças, supostamente para o 3º módulo do conjunto habitacional. 


Uma imagem feita por uma moradora do Pazetti, agora há pouco, mostra um mini caminhão carregado de móveis entrando pela portaria do residencial e bem ao lado uma viatura da Guarda Municipal, parada. Em outra imagem, feita ontem à noite, guardas municipais aparecem conversando com o motorista de um caminhão, também carregado de móveis, na entrada do Pazetti. Pela imagem, após conversar com os GM’s, o motorista segue com o veículo para dentro do residencial.

Uma moradora do Pazetti, que pediu para ter sua identidade preservada, disse ao Correio Paulinense Online que ligou para a Polícia Militar de Paulínia informado das supostas novas ocupações. Segundo ela, a PM disse que só poderia ir até o local caso tivesse alguém, com as liminares judiciais em mãos, para recebê-la na portaria.  

Diante desta informação, nossa reportagem ligou para o Capitão Rafael Cambuí Mesquita Santos, comandante da PM paulinense. De acordo com ele, uma viatura da PM esteve no local e constatou que as mudanças que estão chegando no Pazetti são de pessoas que ocuparam o 3º módulo, na madrugada de terça-feira (18) para quarta-feira (19), apenas com a roupa do corpo. “Ninguém conseguiu nos apontar uma casa que tenha sido invadida, além daquelas que já estão ocupadas desde a semana passada”, disse o Capitão Cambuí.

Nossa reportagem não conseguiu ouvir a Associação de Moradores do Pazetti sobre o assunto. Também não conseguimos falar com nenhum representante da Guarda Municipal de Paulínia, responsável pela segurança do Residencial Pazetti, desde a ocupação da semana passada.

Fotos: Cedidas por moradores do Pazetti

Comentar