Paulínia atinge 431 notificações relacionadas ao novo coronavírus

Da Redação
17/05/2020 18:05:54
Paulínia atinge 431 notificações relacionadas ao novo coronavírus

Só nos últimos 30 dias, foram 281 novas notificações

Nos últimos dois meses, 203 pessoas testaram negativo, 162 aguardam resultado de exames, e 66 foram infectadas; veja novo balanço do Correio

Em dois meses de monitoramento, completados neste sábado (16), Paulínia contabilizou um total de 431 notificações relacionadas ao novo coronavírus. Segundo números divulgados até ontem pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 203 casos suspeitos foram descartados, 162 casos suspeitos aguardam resultado de exames, e 66 casos foram confirmados.  

Em comparação ao primeiro balanço (16/03 a 16/04) feito pelo Correio (CLIQUE AQUI e veja), quando a SMS  havia notificado e divulgado 150 casos (entre confirmados, suspeitos e descartados), foram 281 novas notificações nos últimos 30 dias. 

Dos 66 paulinenses diagnosticados com o novo coronavírus, até ontem (16), 1 morreu de Covid-19, 35 já venceram o vírus (23 deles isolados em suas casas), 1 está internado na  Enfermaria Respiratória do HMP (Hospital Municipal de Paulínia), e 29 estão em isolamento domiciliar. 

Ainda nos últimos trinta dias, a evolução dos casos confirmados de coronavírus no município teve três momentos de pico9 registros entre 27 de abril e 1 de maio; 18 registros entre 4 e 9 de maio; e 24 registros entre segunda-feira (11) e sexta-feira (15).

Neste domingo (17), a SMS divulgou que 83,64% dos infectados notificados até quinta-feira (14) têm idade inferior a 60 anos. Ainda segundo a pasta de saúde, a região de Betel continua concentrando a maior parte dos casos confirmados (14), seguida pelas regiões do Centro I (10), Centro II (9) e do Monte Alegre (9). Cooperlotes teve 2 casos. 

Também até quinta-feira (14), quatro bairros da chamada "Região do outro lado da ponte" registraram um total de 11 casos – São José 4, Jardim Planalto 3, Jardim Amélia e João Aranha 2 casos, cada. A cidade segue em isolamento social até o próximo dia 25, de acordo com o último decreto do prefeito Du Cazellato (PL). 

Foto/Arte: Correio Imagem

Comentar