Servidores: incorporação de abono aprovada pela categoria será votada na Câmara

Da Redação
03/05/2019 22:05:22
Servidores: incorporação de abono aprovada pela categoria será votada na Câmara

700 servidores participaram da assembleia sindical que aprovou as propostas do interino Loira (DC)

Sindicato diz que proposta de Loira (DC) foi histórica; Presidente em exercício do Legislativo, Zé Coco (PV) quer pautar a proposta o mais rápido possível

A Prefeitura Municipal e o Sindicato dos Servidores Públicos de Paulínia (STSPMP) chegaram a um acordo sobre o abono de R$ 1 mil da categoria. Inicialmente, a administração interina propôs transformar o abono em vale-alimentação, o que não foi aceito pelos servidores, especialmente os aposentados que perderiam o benefício, concedido desde 2013.  

Na manhã desta quinta-feira (2), o prefeito Antonio Miguel Ferrari, o Loira, (DC), propôs a troca do reajuste salarial de 4,13% que a categoria receberia a partir deste mês pela incorporação do abono ao salário-base, além de reajustes nos auxílios saúde e alimentação, que podem passar de R$ 100,00 para R$ 200,00 e de R$ 300,00 para R$ 800,00, respectivamente.

À noite, durante assembleia convocada pelo sindicato, as propostas foram aprovadas pela unanimidade dos servidores presentes, cerca de 700, segundo informou o STSPMP.  De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, atualmente, o município tem aproximadamente 4.800 funcionários. Agora, as propostas serão encaminhadas à Câmara Municipal, para deliberação dos vereadores. 

O presidente em exercício do Legislativo, vereador José Carlos Coco da Silva, o Zé Coco (PV), disse ao Correio que fará o possível para acelerar a tramitação do projeto na Casa.  “Não tenho dúvida que, chegando o projeto na Câmara, todos os vereadores, especialmente os que formam as comissões permanentes pelas quais ele tem que passar, irão liberá-lo o mais rápido possível para votação do Plenário”, disse Coco. Clique aqui e conheça as Comissões Permanentes da Câmara e seus respectivos membros.

Na sessão de 9 de abril, Zé Coco usou a Tribuna do Legislativo para protestar contra a possível retirada do abono dos servidores municipais. "Não vou admitir que isso aconteça", disse ele, ao falar da Indicação 357/2019, onde solicitou ao prefeito interino Loira (DC) a incorporação do benefício. "Hoje, parabenizo o prefeito pela grande demonstração de respeito e valorização dos funcionários públicos, ativos e aposentados. Também, parabenizo todos os servidores, que nunca fogem da luta por seus direitos, pois o servidor valorizado reflete diretamente na qualidade dos serviços que todos prestam à população, diariamente"

Segundo a Prefeitura, a categoria pública municipal terá ganhos reais com a incorporação do abono em seu salário-base. “Ocorrerá o efeito cascata em vencimentos como décimo terceiro, férias e ATS (Adicional por Tempo de Serviço), com aumento de ganhos reais à categoria, em todos os itens”, afirma a administração.   

Por meio da assessoria de imprensa, o prefeito interino Loira (DC) comentou os benefícios do acordo firmado com o STSPMP.  “Valorizar os servidores também significa valorizar a população, que é atendida diariamente, em diversos setores”, disse. Já a atual secretária de Recursos Humanos, Cleide de Andrade, garantiu que, antes de serem apresentadas ao sindicato da classe, a incorporação do abono e os reajustes nos auxílios saúde e alimentação passaram por estudos técnicos de viabilidade.

O sindicato da categoria comemorou o acordo com a Prefeitura. “A proposta foi uma grande conquista para a categoria, pois a incorporação do abono resolve muitos problemas, inclusive relativos aos aposentados, por isso, é uma reivindicação histórica”. 

Foto: PMP

Comentar