Funcionários da Corpus já estão trabalhando na limpeza externa das casas, que receberão os moradores nesta quarta-feira...

Da Redação
17/11/2014 12:35:00
Funcionários da Corpus já estão trabalhando na limpeza externa das casas, que receberão os moradores nesta quarta-feira (19)

[imagem] Na tarde de ontem (16), o prefeito Edson Moura Junior (PMDB) anunciou o nome do primeiro novo morador do Residencial Pazetti, durante o sorteio de 154 das 198 unidades que compõem o Módulo 3 do conjunto habitacional, no bairro Saltinho.  As residências restantes não entraram no sorteio, porque já haviam sido adquiridas por outras famílias, antes do Programa Especial Prioritário de Habitação (PL 37/14) ser aprovado pela Câmara de Vereadores, dia 2 de setembro.


O sorteio aconteceu dentro do Acampamento Menezes, vizinho ao Pazetti, sob um forte esquema de segurança. Em seu discurso, Moura Junior (PMDB) disse que estava cumprindo a promessa feita por seu pai, o ex-prefeito Edson Moura (PMDB), de dar casas às famílias da invasão. Além do prefeito e o vice Francisco Almeida Bonavita Barros (PTB), participaram do evento Secretários e Diretores Municipais, e os vereadores Zé Coco (PTB), João Pinto Mota (PSDC) e Sandro Caprino (PRB). 

As famílias sorteadas, que moram no acampamento assinaram um termo de Autorização para Demolição das construções clandestinas, conforme adiantamos ontem. Entre hoje (17) e amanhã, (18) os contemplados estarão assinando, na Secretaria de Habitação, o Contrato de Compra e Venda dos imóveis, cujo financiamento, sem entrada e em 360 parcelas de meio salário mínimo, será feito diretamente com a Prefeitura de Paulínia. A mudança das famílias contempladas no Pazetti está programada para quarta-feira (19). Funcionários da empresa Corpus já estão fazendo a limpeza externa do 3º módulo. 

Polêmica

O Artigo 1º da Lei Municipal 3.394/2014 diz que o Programa Especial Prioritário de Habitação é “destinado  a moradores que residem em condições de alta vulnerabilidade social, precárias de moradia e saneamento”. Entretanto, há denúncias que pessoas residentes em bairros não considerados de risco, como Cascata e Monte Alegre, foram contempladas no sorteio realizado no Acampamento Menezes. 

Algumas dessas pessoas teriam sido desclassificadas da lista do Residencial Vida Nova e colocadas, pela Secretaria Municipal de Habitação, no sorteio das casas abrangidas pela Lei 3.394/2014, sem atenderem os requisitos do art. 1º.

Foto: Fabiano Moreira/Assessoria de Imprensa da PMP

Comentar